• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Oito meses de uma prisão política: relembre quem já visitou Lula na prisão

Nesta segunda (10), data de comemoração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, relembramos alguns dos visitantes que denunciaram ao mundo as violações aos direitos humanos de Lula

Publicado: 10 Dezembro, 2018 - 16h26 | Última modificação: 10 Dezembro, 2018 - 17h36

Escrito por: Redação CUT

Há oito meses, o ex-presidente Lula, considerado pela maioria do povo brasileiro o melhor presidente que este País já teve, era preso em São Bernardo no capítulo final da trama cujo objetivo era tirá-lo da disputa eleitoral deste ano e mantê-lo preso político no Paraná. 

Desde então, mais de 240 dias se passaram e a sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde Lula está isolado, nunca mais foi a mesma. Além da militância que montou o Acampamento Lula Livre e não arreda pé do local, onde fazem atos em defesa da libertação da sua maior liderança e lhe dão 'bom dia', 'boa tarde' e 'boa noite' todos os dias, as mais diferentes personalidades do Brasil e do mundo foram à capital do Paraná em defesa da libertação de Lula.

A prisão política transformou a cidade de Curitiba em uma espécie de ponto de peregrinação daqueles que entendem o peso político por trás da condenação do ex-presidente, vítima de um julgamento político e sem provas e protagonista de um dos mais graves casos de violação dos direitos humanos já registrados no Brasil. Justo ele, que tanto fez pelo avanço desta pauta durante seus governos.

E neste dia 10 de dezembro, data de comemoração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, relembramos alguns dos visitantes daquele que se tornou um dos presos políticos mais populares do mundo e a simbologia do que representa Lula por meio de cada um que esteve com ele no cárcere, lutando, mesmo que simbolicamente, pela garantia dos direitos humanos de Luiz Inácio Lula da Silva.

Na noite desta segunda, será realizado também o Ato Internacional Lula Livre, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Relembre abaixo quem já visitou Lula:

Danny Glover – Em maio, Lula recebeu o ator norte-americano e ativista de direitos humanos Danny Glover. 

Meu irmão e companheiro Lula tem de ser libertado para continuar com todas as conquistas que ele alcançou para o povo. Ele é um símbolo de trabalho e amor que repercutiu não só no Brasil como no mundo
- Danny Glover

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Pepe Mujica – O ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, visitou Lula em junho. Preso político por 12 anos durante a ditadura uruguaia, Mujica afirmou: “Podem prender seu corpo, mas jamais sua mente e seu coração, eles seguem pelos rincões do Brasil, sobretudo pelos lugares mais pobres”.

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Martinho da Vila e Chico Buarque – Os cantores e compositores Martinho da Vila e Chico Buarque visitaram Lula em agosto e transmitiram um recado do ex-presidente, que lutava pelo direito de ser candidato. “Não troco minha dignidade pela minha liberdade”, afirmou Lula aos amigos.

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Adolfo Pérez Esquivel – O prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, esteve com Lula em agosto. Atualmente, o argentino lidera uma campanha para consagrar a Lula o Nobel da Paz em reconhecimento ao seu legado no combate à fome e à miséria no Brasil

Não conheço outro líder que tirou 36 milhões de pessoas da extrema pobreza. Isso é um feito que precisa ser reconhecido, porque tirar milhões de pessoas da extrema pobreza é construir a paz
- Adolfo Pérez Esquivel, Nobel da Paz

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Monja Coen – Após visita religiosa a Lula em junho, a Monja Coen relatou a “alegria de poder encontrar o presidente e falar com ele, e a tristeza por ele estar nessa circunstância”. 

Lula é digno. Incomoda porque é honesto, correto e pensa em todos
- Monja Coen

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Noam Chomsky – Um dos pensadores mais importantes da atualidade, o linguista e filósofo norte-americano Noam Chomsky classificou Lula como “uma das figuras mais significativas do século 21”, após visitá-lo em setembro. “É encorajador encontrá-lo e passar um tempo com ele, que por direito deveria ser o presidente do Brasil”.

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Massimo D’Alema e Cuauhtémoc Cárdenas – O ex-primeiro-ministro italiano Massimo D’Alema e o ex-governador do Distrito Federal do México, Cuauhtémoc Cárdenas, também estiveram com Lula durante uma hora em setembro. Ao deixar a prisão, D’Alema classificou a prisão de Lula como “uma monstruosidade”. 

Os juristas europeus constataram que a condenação veio em um processo em que não foram garantidos os direitos dele e não existem provas que o incriminam
- Massimo D'Álema, ex-primeiro-ministro da Itália

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Leonardo Boff – Em maio, o teólogo Leonardo Boff fez uma visita religiosa ao ex-presidente. “Lula me disse que, se não morreu aos 5 anos de fome, desde lá sua vida é resistir. Me disse que sua vocação na vida é lutar. O que lhe move é a indignação”, declarou Boff após o encontro.

Joka MadrugaJoka Madruga

Ernesto Samper – Em agosto, Lula recebeu o ex-presidente da Colômbia e ex-secretário-geral da Unasul (União das Nações Sul-Americanas), Ernesto Samper. Após ter lido a íntegra da sentença que condenou Lula, ele declarou:

Não há um único dos princípios universais do devido processo legal que não tenha sido violado no caso do ex-presidente Lula
- Ernesto Samper, ex-presidente da Colômbia

Mauro CaloveMauro Calove

Boaventura de Sousa Santos – O sociólogo português Boaventura de Sousa Santos resumiu o sentimento após encontrar Lula em agosto. “O que vi foi a grandeza de um homem que sabe inspirar não só o País, mas todos aqueles que o visitam. Não se trata do Lula pessoa, mas do Lula ideia. A ideia de um país com esperança em uma sociedade melhor e inclusiva, mais justa e fraterna”.

Mauro CaloveMauro Calove

Martin Schulz – O líder da social-democracia alemã e antigo presidente do Parlamento Europeu também visitou Lula na prisão e defendeu o direito de Lula a receber um julgamento justo.

Ricardo StuckertRicardo Stuckert

Juan Carlos Monedero – Em novembro, o ex-presidente Lula recebeu o fundador do Podemos na Espanha, Juan Carlos Monedero. Em entrevista após a visita, Monedero comparou o cárcere de Lula ao de Mandela. 

A História lembrará de Lula, mas não de seus algozes
- Juan Carlos Monedero

Ricardo StuckertRicardo Stuckert