• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Veja como economizar gás de cozinha, que já aumentou 40% só neste ano 

Preço alto do botijão fez disparar no Google a procura dos brasileiros sobre como economizar. Veja  dicas de como economizar o gás de cozinha

Publicado: 02 Setembro, 2021 - 08h30 | Última modificação: 03 Setembro, 2021 - 15h57

Escrito por: Redação CUT

Marcello Casal / Agência Brasil
notice

Ao contrário do que prometeu o presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL) para conter a fúria dos caminhoneiros no ano passado, os reajustes quinzenais dos combustiveis continuam e pesam cada vez mais no bolso dos brasileiros.

O mês de setembro começou com más notícias para as famílias cada vez mais empobrecidas e endividadas. Depois do anúncio de reajuste de 6,78% nas tarifas de energia elétrica, agora é a vez do gás de cozinha (GLP) subir em 7%, também desde ontem, dia 1° de setembro. O reajuste acumulado do botijão de gás somente neste ano de 2021 é de 39,9%.

De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão de GLP de 13 quilos, entre 22 e 28 de agosto, era de R$ 93,65, sendo que em algumas cidades do país o produto chegava a custar R$ 130,00.

E nada vai mudar, denuncia a Federação Única dos Petroleiros (FUP) porque o problema é a Política de Preços Internacionais (PPI) adotada pela Petrobras no governo do ilegitimo Michel Temer (MDB-SP).

No Brasil, explica o secretário de Comunicação da CUT, Roni Barbosa, que também é petroleiro, o preço dos combustíveis é a soma do valor do barril de petróleo, do dólar, dos custos de importação de derivados e as tarifas de importação, mesmo do que não foi importado.

“É mais uma consequência do golpe que destituiu a presidenta Dilma, que, como a gente alertou, era um golpe contra a classe trabalhadora, que acaba caindo sempre nas costas do povo”, diz Roni.

“O Brasil é produtor, não tem necessidade de importar derivados de petróleo, mas com a subutilização proposital das refinarias do país, que estão produzindo com cerca de 70% de suas capacidades, o país importa derivados, como o diesel, que vem dos EUA. O governo beneficia as importadoras por causa da PPI”, complementa Deyvid Bacelar, coordenador-geral da FUP.

Com este cenário, resta as famílias brasileiras luta pelo #ForaBolsonaro e, ao mesmo tempo, fazer as contas caberem no orçamento. É por isso que as pesquisas sobre como economizar gás de cozinha, água e luz dispararam nas plataformas digitais. Somente no Google esse tipo de pesquisa chegou a subir até 200%,  em uma semana.

Para ajudar o trabalhador e a trabalhadora nesta época tão difícil, fomos conferir como economizar o gás de cozinha. Confira as dicas.

Como economizar gás de cozinha

Sobre o cozimento

1 – Planejamento

Reserve um dia para planejar e cozinhar as suas refeições da semana. Isso diminui o tempo de uso do fogão e economiza gás de cozinha.

2- Corte os alimentos em pedaços menores

Quanto menor o pedaço do alimento, menos tempo ele levará para ser cozido.

3-  Organize os ingrediente e a cozinha

Lave e pique os alimentos antes de começar a cozinhar, evitando que deixe algo no fogo dourando ou refogando, por mais tempo do que o necessário.

4-  Pré-cozinhe alimentos

Pré-cozinhar alguns alimentos e depois congelar em pequenas porções, como o feijão, por exemplo, poupa tempo e gás de cozinha.

5- Deixe os grãos de molho

Antes de cozinhar grãos como feijão e o grão-de-bico, deixe-os de molho por, pelo menos, 12 horas. Dessa forma, os grãos ficam mais macios, facilitando ainda mais o cozimento.

Para economizar cozinhando o feijão, deixe-o de molho de um dia para o outro.

Depois cozinhe na panela de pressão por 10 minutos. Desligue o fogo e deixe a panela fechada por mais 10 minutos.

6 – Cozinhe a vapor

Cozinhar legumes, por exemplo, numa escorredeira metálica em cima de uma panela de arroz, gasta a mesma quantidade de gás para cozinhar os dois alimentos.

7 – Cozinhe macarrão sem gastar gás

Adicione a água na panela e deixe ferver, depois adicione o sal e a massa. Desligue o fogo e tampe a panela pelo tempo indicado na embalagem.

8 - Descongele alimentos antecipadamente

Descongelar alimentos um dia antes do preparo ajuda a reduzir o tempo de cozimento e gera uma boa economia do gás.

Sobre o uso de panelas e do forno

9 - Use mais a panela de pressão

A panela de pressão cozinha os alimentos em menos tempo, o que ajuda a economizar o gás. Você pode fazer macarrão, carne, sobremesas e vários pratos.

10 - Troque as panelas velhas

Fundos gastos e tortos só fazem você gastar mais. Prefira os modelos com fundo duplo e de materiais como inox ou cerâmica, que retêm o calor e cozinham os alimentos em menos tempo, economizando gás de cozinha.

11- Use as tampas corretas

Panelas tampadas ajudam a cozinhar mais rápido, já que o calor não se dissipa para o ar. Usar a tampa do tamanho exato da panela também ajuda ao fazer o alimento cozinhar mais rápido. Cozinhar com panelas abertas acontece justamente o contrário e você gasta mais gás.

12 - Evite abrir o forno

Ao abrir enquanto assa um alimento, o forno demora mais para voltar à temperatura ideal e, assim, gasta mais gás.

13 - Pré-aqueça o forno

Pré-aquecer o forno faz o calor ser previamente distribuído e que eles fiquem na mesma temperatura, do início ao final do preparo. Ligue 10 minutos antes a 200 ºC para deixar na temperatura média.

14 - Planeje o uso do forno

Você pode cozinhar juntos os pratos diferentes que usam o forno na mesma temperatura. O cuidado é verificar o tempo de cozimento, já que uns podem ficar prontos antes de outros, dependendo da receita

Sobre manutenção e uso correto do fogão

15 - Use bocas do fogão de acordo com o tamanho da panela

Colocar uma panela pequena em uma boca grande é desperdício do seu gás de cozinha.

16 -  Mantenha o fogão limpo

Verifique se a chama do fogão está na cor azul. Se estiver amarela ou laranja é sinal de que as bocas estão sujas ou com mau funcionamento. Nesses casos, o fogão precisa se esforçar mais para dar conta, gastando mais gás. Limpe os bocais e, no caso das cores diferentes permanecerem, procure assistência técnica.

17 - Cheque o seu equipamento do gás

Para a sua economia e sua segurança cheque os equipamentos do gás. No caso do botijão, verifique as  roscas do botijão e gás . No fogão devem ser checados os canos e o forno.

Em apartamentos com gás encanado, vale checar com o síndico se há manutenções agendadas. Vale ficar atento também às condições e validade da mangueira que liga o gás encanado ao fogão, para se certificar se estão em perfeitas condições.

18 - Evite a passagem de vento

Se na sua cozinha tem uma janela que permite a passagem de vento diretamente para o seu fogão, vale a pena fechá-la enquanto cozinha. Isso porque o vento diminui a potência das chamas do fogão, exigindo mais tempo para que a panela atinja a temperatura ideal.