• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Trabalhadores da CEB são demitidos e categoria pode deflagrar greve

Ação gerou a demissão de dez trabalhadores que há décadas prestavam serviços de atendimento aos trabalhadores e aposentados da empresa

Publicado: 07 Fevereiro, 2019 - 15h29 | Última modificação: 07 Fevereiro, 2019 - 15h32

Escrito por: CUT-DF

Reprodução
notice

De forma arbitrária, o presidente da Fundação de Previdência dos Empregados da CEB (Faceb), Marco Antônio Vieira, fechou nesta terça-feira (5) a Central de atendimento da Fundação. A ação gerou a demissão de dez trabalhadores que há décadas prestavam serviços de atendimento aos trabalhadores e aposentados da empresa.

De acordo com o dirigente do Sindicato dos Urbanitários do DF (STIU-DF), Sidney Lucena Araújo, a deflagração da greve não está descartada. “Tivemos uma reunião com o Conselho da Funceb na manhã desta quarta (6) e teremos outra amanhã (7). Chamaremos uma assembleia informativa também. E tudo dependerá do resultado da assembleia de amanhã. Não podemos aceitar essas demissões”, disse o dirigente.

De acordo com o STIU-DF, o presidente da Faceb “não tem perfil para conduzir uma entidade como a Faceb, pois não tem capacidade de dialogar com os participantes e sua entidade representativa, muito menos com aposentados da CEB e trabalhadores da fundação”.

O STIU ainda orienta a categoria a se manter mobilizada para defender a Faceb.

carregando
carregando