• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindmetal-PE conquista reajuste de 10,42% na Campanha Salarial 2021

Na assembleia que aprovou a proposta negociada, o presidente do Sindmetal-PE, Henrique Gomes, falou sobre a importância das mobilizações e lembrou que os patrões ofereceram reajuste de apenas 4,88% 

Publicado: 17 Setembro, 2021 - 16h08 | Última modificação: 17 Setembro, 2021 - 16h54

Escrito por: Redação CUT

Sindmetal-PE
notice

Depois de muitas mobilizações nas portas das fábricas e duras rodadas de negociações com os patrões, os metalúrgicos e metalúrgicas de Pernambuco conquistaram reajuste de 10,42%, de acordo com a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (16), na sede do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE), os trabalhadores avaliaram e aprovaram Campanha Salarial 2021.

O presidente do Sindmetal-PE, Henrique Gomes, fez um breve histórico sobre as mobilizações,  relatou as dificuldades para fechamento do acordo, lembrando que os patrões insistiam em oferecer um reajuste de apenas 4,88% e ainda dividido em duas parcelas.

O dirigente também apresentou os principais pontos da pauta de reivindicações e fez uma análise da conjuntura econômica concluindo que o reajuste conquistado foi uma vitória da luta dos trabalhadores e trabalhadoras.

“Diante da crise econômica que o país vem enfrentando, agravada pela pandemia do novo coronavírus, conseguir um reajuste salarial de acordo com a inflação INPC de 10,42% é uma grande conquista para toda a classe trabalhadora metalúrgica de Pernambuco e referência em nível nacional”, disse Henrique Gomes.

 “Vamos continuar mobilizados e atentos ao cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria“, acrescentou.

Após a fala do presidente do Sindmetal-PE, os trabalhadores e as trabalhadoras aprovaram, por unanimidade, o reajuste de 10,42% a partir de 1º de setembro para as empresas que mantém acima de 70 empregados, com o teto de R$ 5.300, que receberá um valor fixo no salário de 552,26.

Além disso foram mantidos todos os direitos das cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Para as empresas com menos de 70 empregados, foi aprovada a proposta de pagamento do percentual equivalente a 10,42% como uma bonificação em seu salário, nos meses de setembro, outubro e novembro, sendo dobrado esse percentual em dezembro de 2021, devido ao décimo- terceiro.

Se, o trabalhador ou trabalhadora recebe salário  de R$1.500 receberá uma bonificação de R$ 156,30 nos meses de outubro e novembro e de R$ 312,60 em dezembro, referente a bonificação do salário mensal e do 13º.

Se o salário for de R$ 2.000, contando com os 10,42% de bonificação, o trabalhador receberá bonificação de R$ 208,40 em setembro, outubro e novembro, e de R$ 416,80 em dezembro.  

Quem ganha R$ 3.000, vai receber bonificação de R$ 312,60 em setembro, outubro e novembro e o dobro em dezembro (R$ 625,20).

Acompanharam a assembleia dos trabalhadores  o secretário-geral do Sindmetal-PE, Abinadabe Santos, toda a diretoria da entidade sindical, a representante do Dieese, Jackeline Natal, o advogado do Sindicato, Jefferson Calaça, o diretor da CUT-PE, Hélcio Alfredo e o deputado estadual João Paulo (PT).