• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindicatos dos Estados Unidos entregam carta de apoio a Lula em ato na vigília

‘O movimento sindical dos Estados Unidos está trabalhando com aliados no Brasil e na comunidade sindical internacional para exigir sua liberdade’, afirma a mensagem assinada pelos sindicatos

Publicado: 08 Abril, 2019 - 10h04

Escrito por: Redação RBA

JU ADRIANO
notice

Por conta de um ano da prisão sem provas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje (7) uma carta de solidariedade de sindicatos dos Estados Unidos, a ser entregue em Curitiba durante ato político na Vigília Lula Livre.

A carta foi assinada pelo presidente do United Auto Workers (UAW), Gary Jones; presidente do United Steelworkers (USW), Leo Gerard; presidente do RWDSU/United Food and Commercial Workers (UFCW), Stuart Appelbaum; e pelo Assessor de Estratégias Globais do UFCW, Stanley Gacek.

Confira a íntegra da carta:

Nós gostaríamos de enviar esta nota pessoal de encorajamento enquanto continuamos a lutar juntos por sua imediata absolvição e libertação da injusta perseguição política. O movimento sindical dos Estados Unidos está trabalhando constantemente com aliados no Brasil nos Estados Unidos e na comunidade sindical internacional para exigir sua liberdade.

Nos unimos a organizações brasileiro-americanas, grupos de justiça social, acadêmicos estudantes e outros no estabelecimento do comitê internacional Lula livre dos Estados Unidos para aumentar ainda mais a representação do seu caso e defender a democracia e a justiça no Brasil.

Nossa solidariedade e amizade com você, com os sindicatos metalúrgicos brasileiros se estendem por décadas. É por isso que estamos orgulhosos em apoiá-lo neste ano com o prêmio de direitos humanos George Meany-Lane Kirkland de 2019, dado pela AFL CIO. Você é uma inspiração para muitos companheiros do sindicato por seu longo compromisso de lutar pelos direitos dos trabalhadores, por igualdade, integridade e justiça social.

carregando
carregando