• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Saques da segunda parcela do auxílio de R$ 600 podem ser feitos a partir de sábado

Caixa abriu poupanças digitais sociais para impedir corrida aos bancos, mas jornais denunciaram que faltava moedas

Publicado: 27 Maio, 2020 - 09h30 | Última modificação: 27 Maio, 2020 - 12h09

Escrito por: Redação CUT

Dolphin di Luna
notice

Começam no sábado (30), os saques da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1.200 para mães chefes de família) que a Caixa terminou de depositar nesta terça-feira (26) nas poupanças sociais digitais de todos os trabalhadores e trabalhadoras informais, autônomos, microempreendedores individuais e desempregados que receberam a primeira parcela do benefício entre os dias 1º a 30 de abril.

Mesmo trabalhadores que receberam a primeira parcela em outras contas informadas na hora do cadastro, recebem a segunda parcela por meio da poupança social digital que a Caixa abriu para os primeiros 50,5 milhões de trabalhadores que tiveram os pedidos de benefício aprovados pela Dataprev.

O banco público elaborou um calendário para saques para esse primeiro grupo de trabalhadores, com base no mês de nascimento, sob a alegação de que era para evitar corridas às agências, o que pode causar aglomerações e riscos de contaminação com o novo coronavírus (Covid-19), e impediu o saque desde a terça, dia 19. Segundo matérias publicadas na mídia comercial, a verdade é que faltavam moedas no país. Por isso, o governo teria segurado o dinheiro dos trabalhadores. 

Para resolver o problema, o Banco Central pediu que a casa da Moeda entregasse 60% do total de moedas que deveria ser entregue este ano até julho, cerca de R$ 38 bilhões. O total contratado para o ano é o equivalente a R$ 64 bilhões em novas notas.

O BC já havia pedido, no início do mês, o adiantamento de R$ 9 bilhões até o fim de maio. Destes, R$ 6,5 bilhões estão em circulação.

Confira o calendário abaixo:

Calendário de saques em dinheiro

Data de pagamento

Recebem os que nasceram em

30 de maio

Janeiro

1° de junho

Fevereiro

2 de junho

Março

3 de junho

Abril

4 de junho

Maio

5 de junho

Junho

6 de junho

Julho

8 de junho

Agosto

9 de junho

Setembro

10 de junho

Outubro

12 de junho

Novembro

13 de junho

Dezembro

Bolsa Família

Os beneficiários do Programa Bolsa Família, que também estão recebendo a segunda parcela do auxílio emergencial podem fazer saque, se quiserem. Os depósitos estão sendo feito com base no Número de Inscrição Social (NIS). Nesta quarta-feira (20), a caixa deposita o auxílio para os beneficiários com NIS final 8, nesta quinta para os NIS final 9 e na sexta-feira (29) para NIS final 0.

Auxílio foi aprovado pelo Congresso

O pagamento das três parcelas do auxílio emergencial foi aprovado pelo Congresso Nacional em março para compensar parte das perdas salariais provocadas pela pandemia do novo coronavírus. Têm direito ao auxílio os trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais e desempregados.