• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Jornada pela Democracia será lançada no Fórum das Migrações

Atividade ocorre em encontro que reunirá representantes de 17 países

Publicado: 06 Julho, 2016 - 17h35 | Última modificação: 06 Julho, 2016 - 18h11

Escrito por: CUT Nacional

Divulgação
notice
Arte do Fórum Social Mundial de Migrações


Entre os dias 7 a 10 de julho acontecerá na Universidade Zumbi dos Palmeiras, em São Paulo, o VII Fórum Social Mundial das Migrações (FSMM). O encontro reúne representantes de 17 países que discutirão a livre circulação de pessoas na perspectiva dos direitos humanos.

Junto a outros movimentos sociais e organizações, a CUT tem um acompanhamento sistemático da pauta das migrações internacionais, seja defendendo os direitos de trabalhadores brasileiros no exterior, seja na defesa de imigrantes no Brasil.

Um dos momentos principais do Fórum será o lançamento da Jornada Continental pela Democracia e contra o Neoliberalismo. A atividade acontece na sexta-feira (8), ás 16 horas, no Auditório da Faculdade, para que nenhum passo atrás ocorra na defesa da integração, da autodeterminação, da soberania e contra o livre comércio e as transnacionais.

O Fórum Social Mundial das Migrações ocorre a cada dois anos, e a partir do esforço de organizações sociais e de trabalhadores imigrantes vivendo no Brasil, este ano ocorre em na cidade de São Paulo.

Eixos

O FSMM está dividido em quatro eixos temáticos:

1) A crise sistêmica do modelo capitalista e suas consequências para as migrações

2) Resistências e alternativas desde os sujeitos migrantes

3) Migração, gênero e corpo

4) Direitos humanos, moradia, trabalho digno, participação política e movimentos sociais

5) Migração, os direitos da mãe natureza, o clima e as disputas norte-sul

6) Direito à cidade, inclusão social e cidadania de imigrantes

A CUT e a CSA (Confederação Sindical das Américas) convocam a militância para que compareçam ao FSMM e nas seguintes atividades das quais é organizadora:


1.     Oficina:  Combater o neoliberalismo nas Américas: fortalecer a integração dos povos e barrar o golpismo. 
Dia 8 /11h /Sala 11

2.     Oficina: Os desafios da ação sindical para o fortalecimento das democracias e combate as desigualdades.
Dia 9 /16h /sala 31

3.     Lançamento e roda de conversa: Jornada Continental por la Democracia y contra el neoliberalismo.
Dia 8 /16h /Sala A1

4.     Mesa redonda:  Celebração dos 30 anos da Coordenadora de Centrais Sindicais do Cone Sul / Reunião Gustavo Garcia
Dia 8 /16h /Sala A2

5.     Mesa – debate:  Trabalho escravo contemporâneo: como transformar as vítimas em protagonistas no combate ao crime?
Dia 9 /16h /Sala b4

6.     Debate Comunicação e Democracia: A importância das novas mídias diante de processos hegemônicos
Dia 9 /16h /Sala A2

Confira aqui a programação completa.