• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Rodoviários de Maringá continuam na luta por direitos

Mobilização antecede semana decisiva para definir campanha salarial da categoria

Publicado: 12 Julho, 2019 - 17h27

Escrito por: Redação CUT

Reprodução
notice

Em Campanha Salarial, diretores do Sindicato dos Motoristas, Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Empresas de Transporte de Passageiros Intermunicipal, Interestadual, Turismo e Anexo de Maringá (Sinttromar) fizeram um ato em frente a garagem do Transporte Coletivo “Cidade Canção (TCCC)”, a maior empresa de transporte coletivo urbano da região. A mobilização aconteceu por volta das 3h40 na madrugada desta quinta-feira (11).

Um carro de som amplificou a voz dos sindicalistas, que ressaltaram o serviço essencial prestado pela categoria para a sociedade e a disposição de recompor o poder aquisitivo de salários e pisos, elevar o valor do vale alimentação e corrigir os valores da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), atualmente fixado em R$ 1.948,00.

Os diretores do Sinttromar ainda portavam faixas exibindo as principais reivindicações da classe diante dos ônibus que deixavam a garagem. Uma delas apontava a aplicação de aumento nas tarifas por duas vezes, enquanto os salários permaneceram inalterados. Para dialogar e ganhar apoio da população, o Sinttromar tem percorrido garagens e pontos em que estão concentrados os trabalhadores, como a Praça Raposo Tavares, no Centro de Maringá, onde estão situados o terminal de ônibus e o ponto de vendas de tarifas urbanas.

NEGOCIAÇÕES EM ANDAMENTO

Atuando em duas frentes, simultaneamente, o Sinttromar mobiliza os Rodoviários e defende as reivindicações da classe na mesa de negociações. Ainda na manhã de quinta, no retorno do movimento na TCCC, diretores do Sinttromar e representantes patronais definiram os termos do Acordo Coletivo da empresa Expresso Maringá, que modificam valores de salário, pisos e vale alimentação.

As contrapropostas apresentadas pelas empresas de transporte serão apreciadas pelos trabalhadores em assembléia na próxima quarta-feira (17), em quatro horários (8h30, 13h30, 18h30 e 20h30), na sede do sindicato (Av. Dona Sofia Rasgulaeff, 367 – Jardim Alvorada).