• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

PT convoca ato pelo país contra mais uma condenação injusta e sem provas

Confira lista de locais onde tem ato programado

Publicado: 07 Fevereiro, 2019 - 10h30 | Última modificação: 07 Fevereiro, 2019 - 14h24

Escrito por: Redação CUT

Ricardo Stuckert
notice

Em pelo menos três capitais do Brasil, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, a militância petista organiza nesta quinta-feira (7) atos em defesa da inocência e, consequentemente, pela liberdade do ex-presidente Lula, mais uma vez condenado sem provas e sem crime.

Nesta quarta-feira (6), a juíza substituta Gabriela Hardt, que ocupa temporariamente o lugar do agora ex-juiz e ministro de Bolsonaro, Sérgio Moro, condenou Lula a mais 12 anos e um mês de prisão no processo sem provas que envolve o chamado sítio de Atibaia, que não pertence a Lula. A sentença é tão controversa quanto a que o condenou seis meses antes das eleições presidenciais, no caso do tríplex do Guarujá que também não pertence a Lula.

Repleta de erros, a sentença da  é mais um episódio da trama de perseguição judicial que tem como fim inviabilizar a liderança política de Lula e mostra que, dez meses após sua prisão política, o ex-presidente segue sendo uma obsessão para seus algozes, que atropelam a Constituição brasileira e convenções internacionais para violar diariamente os direitos de Lula e mantê-lo isolado do povo.

O advogado de defesa de Lula, Cristiano Zanin Martins, diz que a juíza não apresentou qualquer ato ilícito cometido por Lula para justificar a condenação. Ela se baseou apenas nas palavras do delator Leo Pinheiro, ex-presidente da empreiteira OAS, desconsiderando provas, laudos, depoimentos e documentos que atestam a sua inocência. 

"Chega-se ao ponto de a sentença rebater genericamente a argumentação da defesa de Lula fazendo referência a “depoimentos prestados por colaboradores e co-réus Leo Pinheiro e José Adelmário”, como se fossem pessoas diferentes, o que evidencia o distanciamento dos fundamentos apresentados na sentença da realidade", afirma o advogado. José Aldemário Pinheiro Filho é o nome verdadeiro do ex-executivo e delator Leo Pinheiro. 

Atos em defesa da liberdade de Lula

 

Nesta quinta-feira (7), Curitiba (PR) e São Paulo devem receber dois grandes atos em defesa da liberdade do ex-presidente. Outros atos também estão previstos nas cidades de Cuiabá e Porto Alegre. A lista será atualizada durante o dia.

Atos nesta quinta-feira (7)

Porto Alegre (RS)

Local: Esquina Democrática
Horário: 12h

São Paulo

Local: Diretório Nacional do PT – R. Silveira Martins, 132, Sé – próximo ao metrô Sé.
Horário: 17h
Confirme presença no evento

Curitiba (PR)

Local: Vigília Lula Livre
Horário: 17h
Confirme presença no evento

Cuiabá (MT)

Local: PT-MT – Rua Estevão Alves Corrêa, 197, Santa Helena – Cuiabá.
Horário: 18h30

Belo Horizonte
Local: Praça Sete de Setembro
Horário: 17h

Sexta-feira (8)

Recife (PE)

Local: Armazém do Campo – Av. Martins de Barros, 387 – Recife
Horário: 14h

carregando
carregando