• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Pela democracia, presidente da CUT participa da eleição dos metalúrgicos do ABC

Na Mercedes Benz, Sérgio Nobre votou no 1º turno das eleições do SMABC para eleger os representantes da categoria nas empresas. Entidade tem tomado cuidados para evitar proliferação do coronavírus

Publicado: 18 Março, 2020 - 15h32 | Última modificação: 18 Março, 2020 - 15h59

Escrito por: Érica Aragão

Edu Guimarães
notice

Tomando todos os cuidados para conter a proliferação do novo coronavírus (Covid-19) e para reforçar a democracia do processo eleitoral da categoria num momento tão delicado do país, o presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre, foi até a Mercedes Benz, na manhã desta quarta-feira (18), para votar no primeiro turno da eleição do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (SMABC).

O processo eleitoral começou nesta terça-feira (17) e termina hoje. Nesta primeira etapa serão escolhidos os 196 representantes dos Comitês Sindicais de Empresas (CSE) e do Comitê Sindical dos Aposentados (CSA).

“Sem sindicatos fortes não há democracia”, afirmou Sérgio Nobre, para definir a importância do seu voto, que foi feito no chão da fábrica onde é trabalhador.

Edu GuimarãesEdu Guimarães
Trabalhadores da Mercedes juntos para a foto

“O SMABC é o mais importante sindicato do setor metalúrgico do Brasil, o que torna seu processo eleitoral ainda mais relevante para o movimento sindical. Um exemplo de democracia para o País, porque nenhum trabalhador integrará a direção plena sem antes ser eleito no chão de fábrica, no seu local de trabalho”, afirma Sérgio Nobre.

O presidente do SMABC, Wagner Santana, que é trabalhador da Volks, depois de votar no local de trabalho, visitou a fábrica para dialogar com a categoria e reafirmou a importância deste processo democrático de escolha dos representantes dos trabalhadores e das trabalhadoras.

“A eleição é uma demonstração de democracia, participação e de representatividade dos companheiros e companheiras que estão à disposição da categoria para continuar a luta a favor dos direitos dos trabalhadores”, destacou o presidente.

Adonis GuerraAdonis Guerra
Wagnão no centro da foto votando na Volks na segunda-feira (17)

 Outros diretores do SMABC ligados a Mercedes, como o Secretário-Geral, Aroaldo Oliveira da Silva, o diretor administrativo, Moisés Selerges e o secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM), Maicon Michel Vasconcelos da Silva, também foram  a fábrica votar.

Cuidados com a pandemia

A preocupação com a pandemia do coronavírus está presente no processo eleitoral, com álcool gel e reforço na limpeza.

Segundo o representante do CSE da Mercedes Alessandro Guimarães da Costa, os trabalhadores e as trabalhadoras da fábrica que são sócios do sindicato, mesmo preocupados com a saúde em relação a pandemia do coronavírus, estão participando massivamente da eleição, principalmente os da área de produção.

“O sindicato tem tomado todos os cuidados para não contribuir com a proliferação desta doença e a categoria reconhece”, afirmou o metarlúrgico, complementando: “Em todas as urnas têm álcool em gel para os trabalhadores, trabalhadoras e mesários fazerem a higienização nas mãos e o sindicato também vem orientado a categoria de que não é permitida aglomerações durante o processo eleitoral”.

No próximo mês, quando está previsto para acontecer o segundo turno da eleição, os metalúrgicos e as metalúrgicas do ABC vão eleger a nova diretoria executiva do SMABC.

Edu GuimarãesEdu Guimarães
na esquerda da foto, Aroado e do lado direito da foto, Moisés Selerges

 

Metalúrgicos têm cobrado medidas para enfrentar coronavírus

Alessandro também contou que, apesar da participação em massa da categoria, não foi possível fazer uma campanha eleitoral como é feito todo ano.

Segundo o metalúrgico, em outras eleições os trabalhadores e as trabalhadoras ficavam mais preocupados com o cenário político e econômico. Este ano, a preocupação só aumentou com a questão da pandemia do coronavírus.

“A gente nem tem feito campanha nas áreas direito, porque temos que debater a questão do coronavírus e a todo momento estamos discutindo com a empresa caminhos possíveis para que os trabalhadores se sintam seguros”, afirmou Alessandro.

Mercedes vai dar folga aos trabalhadores

Ele contou, em primeira mão, que de acordo com as negociações entre sindicato e montadora, nos dias 25,26 e 27 de março os trabalhadores e as trabalhadoras da Mercedes vão ficar de folga. E a partir do dia 30 até 19 de abril terão férias coletivas e no dia 20 de abril outra folga.

“Vamos avaliar como ficará esta pandemia até o final das férias coletivas e se for o caso teremos que fazer uma nova discussão com a empresa para decidirmos novos mecanismos, como licença remunerada ou mais folgas, para gente poder passar com tranquilidade esse período de pico da doença”, ressaltou Alessandro.

Modelo de eleição do SMABC

A escolha dos dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC é realizada a cada três anos e acontece em dois turnos. 

Na primeira etapa os metalúrgicos vão às urnas, nas fábricas onde trabalham, para eleger por voto direto os representantes dos Comitês Sindicais de Empresa (CSEs) e do Comitê Sindical dos Aposentados (CSA).

O número de representantes por fábrica depende da quantidade de trabalhadores sindicalizados, de acordo com as normas previstas em estatuto.

A segunda fase elege o presidente, o Conselho da Direção Executiva e o Conselho Fiscal para a gestão 2020/2023.

Esse modelo de processo eleitoral começou na década de 1980, quando o sindicato criou as Comissões de Fábrica, levando a direção sindical para atuar dentro do local de trabalho.

Em 1997, foi aprovado no congresso da categoria a criação dos CSEs e em 1999 foi realizada a primeira eleição por meio desse novo modelo.

Vìdeo do presidente na metalúrgica ZF orientando sobre o coronavírus 

Na ZF, o presidente do Sindicato, Wagner Santana, e o coordenador da Regional São Bernardo, Genildo Pereira, acompanham o processo eleitoral deste 1⁰ turno e também aborda as orientações sobre o Coronavírus na hora de votar.