• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nota da CUT Brasil sobre as eleições bolivianas

Este período conturbado iniciou-se com o golpe de Estado que ocorreu em novembro de 2019 e que encerrou o mandato legítimo do Presidente Evo Morales

Publicado: 26 Outubro, 2020 - 14h06

Escrito por: CUT Nacional

Edson Rimonatto/CUT
notice

A Central Única dos Trabalhadores - CUT Brasil se soma à felicidade do povo boliviano com a vitória do Movimento ao Socialismo - MAS nas eleições realizadas no dia 19 de outubro. Esta vitória é de todo o povo boliviano, da Central Obrera Boliviana - COB e da democracia.

Infelizmente no último ano o Estado Plurinacional da Bolívia vem vivenciado momentos de grande instabilidade e de violência que ferem a democracia. Este período conturbado iniciou-se com o golpe de Estado que ocorreu em novembro de 2019 e que encerrou o mandato legítimo do Presidente Evo Morales. Além disso, acompanhamos com muita preocupação e denunciamos as perseguições a movimentos sindicais e sociais como foram os criminosos ataques sofridos contra a sede da COB.

Por isso seguiremos firmes e vigilantes para denunciar qualquer tentativa da direita nacional ou internacional de não respeitar a vontade soberana do povo boliviano. E felicitamos mais uma vez a vitória do MAS que consolida a autodeterminação dos povos e representa uma retomada da democracia e da esperança, como disse o candidato vencedor Luis Arce Catacora, para toda a América Latina.


São Paulo, 21 de outubro de 2020.


Sergio Nobre, Presidente
Antonio Lisboa, Secretário de Relações Internacionais