• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Mundo registra recorde diário de mortes por Covid e Brasil ultrapassa 170 mil óbitos

Total de mortos no país equivale a mais de dois Maracanãs lotados, considerando a capacidade do estádio de mais de 78 mil pessoas

Publicado: 25 Novembro, 2020 - 10h39

Escrito por: Redação CUT

Reprodução
notice

No dia em que o mundo registrou mais um recorde diário de mortes por Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, o Brasil ultrapassou a marca de 170 mil vidas perdidas. Esse número equivale a dois Maracanãs lotados, considerando a capacidade do estádio de 78.838 pessoas, e ainda ficariam do lado de fora mais de 12 mil vítimas que não resistiram às consequências da doença.

Nesta quarta-feira (25), o mundo registrou um novo recorde diário de mortes por Covid-19, e o total de vítimas ultrapassou a marca de 1,4 milhão desde o início da pandemia, aponta balanço da Universidade Johns Hopkins. Foram 12.785 óbitos na terça-feira (24), que superaram a marca anterior de 11.840 mortes registradas na sexta-feira (20). Em 23 dias, foram 200 mil novas mortes.

Até às 8h da manhã desta quarta, o Brasil somava 170.194 mortes por coronavírus desde março e dez dias de alta na média móvel de mortes, que havia caído nos últimos meses, segundo levantamento do consórcio de imprensa. Nas 24 horas entre terça e quarta-feira, o país registrou 638 novas mortes causadas pela doença.

De acordo com a Johns Hopkins, o Brasil só perde em número de mortes para os EUA, onde a Covid-19 fez 259.976 vítimas fatais. (Veja lista de países com mais óbitos no final do texto).

Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados na noite deste terça, o país registrou 630 novos óbitos em 24 horas, atingindo um total de 170.115 mortes desde o início da pandemia. No mesmo período, o país registrou 31.100 diagnósticos positivos para a Covid-19. Desde o começo da pandemia, o Brasil teve 6.118.708 infectados pelo novo coronavírus, diz o Ministério.

Em relação aos casos confirmados de Covid-19 desde o começo da pandemia, o Brasil soma 6.121.449 pessoas contaminadas, sendo 33.445 delas em 24 horas. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 30.350 novos diagnósticos por dia, a maior desde 20 de setembro.

Situação nos Estados

Dez estados registraram alta na média móvel de mortes: RS, SC, ES, MG, RJ, SP, GO, MS, AM e CE.

Outros dez estados mais o Distrito Federal estão em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente:  DF, MT, PA, RO, BA, MA, PB, PE, PI, RN e SE.

Em queda, estão 6 estados: PR, AC, AP, RR, TO e

Óbitos no mundo:

  1. Estados Unidos: 259 mil
  2. Brasil: 170 mil
  3. Índia: 134 mil
  4. México: 102 mil
  5. Reino Unido: 55,9 mil
  6. Itália: 51,3 mil
  7. França: 50,3 mil
  8. Irã: 45,7 mil
  9. Espanha: 43,6 mil
  10. Argentina: 37,3 mil

Número de casos no mundo::

  1. Estados Unidos: 12,5 milhões
  2. Índia: 9,2 milhões
  3. Brasil: 6,1 milhões
  4. França: 2,2 milhões
  5. Rússia: 2,1 milhões
  6. Espanha: 1,5 milhão
  7. Reino Unido: 1,5 milhão
  8. Itália: 1,4 milhão
  9. Argentina: 1,3 milhão
  10. Colômbia: 1,2 milhão