• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Mundo condena invasão do Capitólio e Bolsonaro diz que eleição nos EUA foi fraude

Enquanto mundo condena invasão, Bolsonaro mantém fidelidade a Trump e diz que eleições norte-americanas foram fraudadas. Biden é confirmado pelo Congresso como o 46º presidente dos EUA

Publicado: 07 Janeiro, 2021 - 08h37 | Última modificação: 07 Janeiro, 2021 - 13h17

Escrito por: Redação CUT

Reprodução
notice

Pela primeira vez em mais de 200 anos de história da democracia norte-americana o Capitólio , como é conhecido o Congresso do país, foi invadido, nesta quarta-feira (6), por milhares de manifestantes favoráveis ao presidente  republicano, Donald Trump, que vem alegando fraudes nas eleições após perder para o democrata Joe Biden. Para analistas políticos, Trump insuflou a multidão à invasão durante discurso que fez para seus seguidores.

A manifestação que durou horas deixou quatro mortos, duas mulheres e dois homens, 15 policiais feridos, sendo dois em estado grave, foi condenada tanto por parlamentares democratas e republicanos dos Estados Unidos e por diversos chefes de estado de todo o mundo, como o primeiro-ministro conservador, o  britânico, Boris Johnson e o presidente francês Emmanuel Macron,  e o primeiro-ministro do Canadá, o progressista Justin Trudeau, entre outros.

Já o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (ex-PSL) além de não condenar o atentado à democracia norte-americana, se juntou às teorias conspiratórias de Trump, e sem provas, disse que houve fraude nas eleições dos Estados Unidos.

Na noite desta quarta-feira conversando com seus seguidores em rede social, Bolsonaro disse “[Existe] Muita denúncia de fraude. Quando eu falo isso, a imprensa diz: 'Sem provas, presidente Bolsonaro diz que eleição foi fraudada'. Eu acredito que sim, eu acredito que foi [fraudada] descaradamente"

Bolsonaro tem seguidamente dito que ele teria ganho a eleição presidencial de 2018 em primeiro turno, no Brasil, e que houve fraude, em tentativas de desacreditar o voto eletrônico e a lisura do processo eleitoral brasileiro.

Biden confirmado presidente dos EUA

Após a polícia ter posto um fim na invasão do Congresso, os parlamentares voltaram a se reunir e oficializaram o nome de Joe Biden como o 46º presidente dos Estados Unidos. A posse está marcada para o dia 20 deste mês.