• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Mais de 3,7 mil cidades ainda não têm data para retorno das aulas presenciais

Pesquisa revela que 3.360 municípios, cerca de 86,4%, usam aplicativos de mensagem instantânea para o envio dos materiais e atividades escolares

Publicado: 15 Outubro, 2020 - 15h23

Escrito por: Redação CUT

Arquivo/Agência Brasil
notice

Cerca de 3.742 prefeituras municipais ainda não têm previsão de retorno das aulas presenciais em suas cidades, segundo a pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), realizada em setembro deste ano. O levantamento ainda consultou 3.988 governos locais, o que representa de 71,6% do país. O Brasil possui atualmente 5.570 municípios, de acordo com o Censo 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Mais de 14,6 milhões de alunos atendidos por redes municipais de ensino, que representam 63,3% das matrículas nesse segmento no país, responderam à sondagem.  

Dos municípios consultados, apenas 197, 4,9% da amostra, informaram uma data de reabertura das escolas já marcada. Segundo a CNM, o principal fator para o não cumprimento das previsões, na percepção da entidade, é a judicialização da volta às aulas em todo o país, com cobranças de medidas de segurança para a comunidade escolar feita por entidades ligadas a professores e professoras.

"O entendimento é balizado pelo risco de aumento de contaminação da Covid-19, em razão da exposição de milhares de estudantes e professores, o que pode colocar a população em potenciais situações de contágio", disse a entidade.

A pesquisa revela ainda que um total de 3.360 municípios, cerca de 86,4%, usam aplicativos de mensagem instantânea para o envio dos materiais e atividades escolares. O levantamento também indicou que em 70,6% dos municípios consultados os professores receberam ou recebem algum tipo de capacitação para o ensino remoto. 

Ainda de acordo com o levantamento, somente 6,5% dos municípios ouvidos (254) realizam aulas por meio de TV e outros 3,5% (136), por meio de rádio.

Apesar da maioria ainda não ter data de retorno presencial das aulas, pouco mais de 70% dos municípios que responderam a pesquisa da CNM, ou seja, 2.811 prefeituras, informaram ter os planos de retomada elaborados ou em fase de elaboração. Já outras 1.105 prefeituras (27,7% da amostra) ainda não possuem planos de contingência construídos.

A grande maioria dos municípios consultados também informou que está desenvolvendo ações para melhorar e adaptar a infraestrutura das escolas, e adquirindo equipamentos de proteção individual (EPI) e demais materiais de segurança sanitária e higiene.

79% dos brasileiros são contra o retorno das aulas presenciais

Recentemente a pesquisa Datafolha, divulgada em 18 de agosto, revelou que 79% dos brasileiros acham que reabertura das escolas vai agravar a pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 151 mil brasileiros e contaminou outros 5 milhões.

Para 59% dos entrevistados, piorará muito a situação. Outros 20% acham que piorará um pouco; 18% afirmaram que não haverá efeito na disseminação do vírus, e 3% disseram não saber.