• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Mais de 170 cidades vão fazer atos contra reforma, por empregos e educação

Atos estão previstos nos 26 estados da federação e trabalhadores ocuparão as praças públicas, grandes centros urbanos e as periferias em defesa da Previdência pública e solidária

Publicado: 13 Junho, 2019 - 09h00 | Última modificação: 13 Junho, 2019 - 17h01

Escrito por: Érica Aragão

arte: Alex Capuano/CUT
notice

Trabalhadoras e trabalhadores de mais de 170 cidades de todas as Regiões do país já confirmaram que, após as paralisações dos locais de trabalho, também vão fazer ato político contra a reforma da Previdência, os cortes na educação e por empregos.

Desde as primeiras horas desta sexta-feira (14) até o início da noite ocorrerão paralisações e atos nas praças públicas, grandes centros urbanos, nas periferias, em frente aos sindicatos, INSS, terminais de ônibus, entre outros lugares.

Organizada pela CUT e demais centrais sindicais - CTB, Força Sindical, CGTB, CSB, UGT, Nova Central, CSP- Conlutas e Intersindical -, a greve geral ganhou a adesão das mais diversas categorias de trabalhadores, dos movimentos sociais e atos estão previstos nos 26 estados da federação.

Entre as categorias que confirmaram que cruzarão os braços nesta sexta-feira (14) estão: professores, metalúrgicos, trabalhadores da Educação, da saúde, de água e esgoto, dos Correios, da Justiça Federal, químicos, rurais, portuários, agricultores familiares, motoristas, cobradores, metroviários, ferroviários, caminhoneiros, eletricitários, urbanitários, vigilantes, servidores públicos federais, estaduais e municipais, petroleiros, enfermeiros e previdenciários

Confira os locais e horários das mobilizações em todo país: 

Acre | Alagoas | Amapá | Amazonas | Bahia | Brasília | Ceará | Espírito SantoGoiás | Mato Grosso | Mato Grosso do Sul | Minas Gerais | Pará | Paraíba | ParanáPernambuco | Piauí | Rio de Janeiro | Rio Grande do Norte | Rio Grande do Sul | Rondônia | Roraima | Santa Catarina | São Paulo | Sergipe | Tocantins

Acre

Mobilização com piquete no local de trabalho de algumas categorias às 7h da manhã. Depois, tem ato na Praça da Revolução, no centro de Rio Branco, às 9h, de onde sairá um cortejo em defesa da Previdência pública e solidária e da educação pública e mais empregos. À noite, no Cine Recreio tem noite cultural e show na Gameleira.


Alagoas

O ato político terá concentração às 15h na Praça do Centenário, uma das principais de Maceió. Os alagoanos e as alagoanas também vão se manifestar contra a intenção do governo Bolsonaro de privatizar o setor de saneamento básico no país, o que inclui a distribuição de água à população.


Amapá

Às 08h começa a paralisação de várias categorias e às 15 horas terá um ato “Lula Livre” na Praça da Bandeira, em Macapá.


Amazonas

Ato será às 15h, na Praça da Saudade em Manaus.


Bahia

O ato político será às 14 horas na Rótula do Abacaxi, na capital baiana.

Também terá mobilização em outros municípios:

Paulo Afonso

Juazeiro

Senhor do Bonfim

Serrinha

Conceição do Coité

Alagoinhas

Catu

Pojuca

São Sebastião do Passé

Candeias

Santo Amaro

Camaçari

Feira de Santana

Jacobina

Ipirá

Cruz das Almas

Santo Antonio de Jesus

Valença

Vitória da Conquista

Ilhéus

Itabuna

Guanambi

Urandi

Jiquié

Itapetinga

Barreiras

São Desidério

Oliveira dos Brejinhos

Eunápolis

Porto Seguro

Itamaraju

Teixeira de Freitas

Mucuri


Brasília

No Plano Piloto não vão ter transporte. Os cerca de 12 mil rodoviários, condutores e cobradores aprovaram em assembleia na sexta-feira (7) cruzarão os braços por 24 horas.

Não vai ter ato político organizado pela CUT, mas os sindicatos filiados estão organizando aulas públicas, assembleias, piquetes, panfletagens e muito diálogo com a população sobre reforma da Previdência, corte na educação, desemprego, acesso a terra e sobre as privatizações.


Ceará

Em Fortaleza, além das paralisações previstas, acontecerá a Marcha Estadual da Classe Trabalhadora contra a Destruição da Previdência na Praça da Bandeira, no Centro, a partir das 10h30.

Outros municípios também se organizaram para fazer ato político.

Altaneira – 09h, Calçadão

Aquiraz – 7h30, Rodoviária

Barreira – 8h30, Praça dos Taxistas

Beberibe – 8h, Câmara dos Vereadores

Canindé – 7h, Posto Estrela

Cascavel – 8h, Praça de São Francisco

Caucaia – 8h, Praça da Matriz

Chorozinho – 9h, Praça da Escola Padre Enemias

Crateús – 7h, Praça da Matriz

Horizonte – 7h, Estádio Domingão

Icó – 8h30, Sede do Sindicato dos Servidores Municipais

Iguatu – 8h, Praça da Caixa Econômica Federal

Jucás – 8h, Praça Getúlio Vargas

Iracema -7h, Praça Casimiro Costa Moraes (Mangueira)

Itapipoca – 8h, Praça do Cafita

Jaguaribara  - 7h, Escola Estadual Liceu

Juazeiro do Norte – 7h30, CREDE (Rua São Pedro com Rua Rui Barbosa) 8h Russas Secretaria da Saúde

Limoeiro do Norte – 8h, INSS (Ao lado da Honda)

Madalena – 8h, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR)

Maracanaú – 8h, Praça da Estação de Maracanaú

Milhã – 8h30, Sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Monsenhor – 8h, Tabosa  - Sindicato dos Servidores Públicos

Nova Russas – 8h, Praça da Macavi

Pacujá – 8h, Sede do Sindicato dos Servidores Municipais

Quixadá – 8h, Praça da Catedral

Senador Pompeu  - 8h, Praça da Juventude

Sobral – 8h, Praça de Cuba

Tabuleiro do Norte – 8h, Igreja Matriz

Tauá  - 8h, EEM Liceu Lili Feitosa  

Trairi  - 8h, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SISPUMT)


Espírito Santo

Sindicalistas e representantes das frentes estão fazendo reuniões para decidir local do ato.


Goiás

Goiânia - 10h, Coreto da Praça Cívica;

Cidade de Goiás – 8h, ato na Praça do João Francisco

Formosa - 8h, na praça Anísio Lobo;

Silvânia - 8h, na Feira Coberta Central;

Itapuranga - 8h, Centro Cultural Cora Coralina;

Jataí – 09h - Concentração Sintego de Jataí


Mato Grosso

A concentração do protesto será na Praça Ipiranga, em Cuiabá, às 14 horas

 


Mato Grosso do Sul

Em Campo Grande com concentração às 09 horas na Praça do Rádio Clube

 

Minas Gerais

O ato unificado da CUT e demais centrais e sindicatos será às 11h, com concentração na Praça Afonso Arinos, em Belo Horizonte.

Em João Monlevade, a concentração será na Praça Domingos Silvério, conhecida como Praça dos Aposentados às 14h. Em seguida terá caminhada pelas avenidas Getúlio Vargas e Wilson Alvarenga seguido com um ato político em frente ao INSS.


Pará

O ato será às 10 horas na Praça da República

 

Paraíba

CUT e demais centrais, além das frentes estão decidindo o local e horário do ato

 

Paraná

Curitiba às 11h em Frente ao Palácio Iguaçu com caminhada para a Praça Santos Andrade

 

Pernambuco

O ato será no cruzamento da Rua do Sol com Rua Guararapes, no Centro do Recife, às 14 horas.



Piauí

A concentração para a Greve Geral está marcada para às 8h no INSS, proximo a Praça Rio Branco.



Rio de Janeiro

Na capital, às 11h aulas públicas no Calçadão de Campo Grande,  Taquara, Saens Peña, Antero de Quental e Largo do Machado.E na escadaria da ALERJ às 13:30h - Aula pública sobre a reforma da previdência, com Elaine Behring / ASDUERJ - ANDES-SN

Ato a partir das às 15 horas na Candelária e caminhada para a Central do Brasil.

Vários municípios também vão fazer atos descentralizados:

Subsede do SinproRio às 00:01h

Centro do Rio às 05h no INTO

Volta Redonda às 5h da manhã, na porta da CSN

Arco da Reduc  às 07h

Angra dos Reis às 05h em frente a ampla sindical

Barra do Piraí às 9h no Largo

Cachoeiras de Macacu às 09h na Rodoviária 

Barra Mansa a partir de 9h na Praça da Matriz

Arraial do Cabo às 9h na Praça do Guarani.

Mendes terá  aula Pública às 9:00 - na Praça Dr. João  Nery elaborada pelos professores da rede estadual e às 10:30 - Ato e passeata no entorno do centro da cidade. Vale ressaltar que a rede municipal de Eng. Paulo de Frontin participa das atividades em Mendes

Rio das Ostras às 10h na Praça José Pereira Câmara no centro

Duque Caxias às 10h na Praça do Relógio

Petrópolis às 17h na Praça da Inconfidência (com caminhada)

Sulfluminense fará ato às 17 horas na Praça Juarez Antunes em VR

Niterói concentração nas barcas às 14h para ir juntxs para o ato unificada da capital

Itaperuna 15h30 na Pracinha da Rodoviária

Campos dos Goytacazes ato público às 15h no Pelourinho, em frente à Caixa Econômica Centro.

Região dos Lagos concentração às 15h na Praça Porto Rocha

Macaé em frente à antiga Câmara Municipal  com show político cultural

Valença ato às 17h na Rua dos Minérios.


Rio Grande do Norte

Em Natal, o ato político será na calçada do Midway às 15 horas e termina com um show político cultural na praça de Mirassol.

Açu – 7h30 ao lado do INSS

Angicos - 15h, em frente a Rodoviária

Caicó – 7h30 na Praça da Alimentação, no centro.

Mossoró – 7h, Assembleia unificada na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do RN (Sinte/RN)

Fernando Pedrosa - em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Outros municípios também prometem atos, como em Caraúbas, Pau dos Ferros, Apodi, Canguaretama, São Paulo do Potengi.



Rio Grande do Sul

A concentração do ato político será às 17h, seguida de ato, às 18h, na Esquina Democrática, no centro de Porto Alegre. Outros municípios também farão protestos:

Alegrete

9h30 – Concentração na Praça Nova, seguida de caminhada até o Centro.

Caxias do Sul

16h30 – Ato público na Praça Dante.

Cruz Alta

9h30 – Concentração na Praça da Matriz.

Erechim

14h – Concentração na Praça dos Bombeiros, seguida de caminhada até a frente do INSS.

Farroupilha

10h – Concentração na Praça Central.

Frederico Westphalen

14h – Concentração na Praça da Matriz.

Ijuí

9h – Concentração praça da República

Lajeado

8h30 – Ato na Avenida Piraí, no bairro São Cristóvão, seguido de caminhada até o centro.

Osório

8h – Concentração no Instituto Federal, seguida de caminhada até o Largo dos Estudantes, onde durante todo o dia haverá atos e manifestações.

Pelotas

14h – Concentração no Mercado Público, seguida de atos e manifestações.

Rio grande

17h – Ato no Largo Dr. Pio.

Santa cruz do sul

8h – Concentração da Praça Getúlio Vagas.

Santa rosa

8h30 – Ato na Praça da Independência.

17h – Aula Pública na Praça da Bandeira, seguida de marcha Luminosa.

Santo Ângelo

9h30 – Concentração da Praça da Catedral;

11h – Caminhada até a agência do INSS;

15h – Mateada da Cidadania junto à Catedral, com apresentações culturais;

19h30 – Aula Pública na URI

Três de maio

9h30 – Concentração na Praça da matriz, seguida de caminhada e ato público da Praça da Bandeira



Rondônia

O ato político será a partir das 08h, na Praça das 3 Caixas d’Água



Roraima

Em Roraima tem programação de atividades.

O ato da capital será às 15h, com passeata até a Praça do Centro Cívico

Em Roraima tem uma série de atividades já marcadas:

6h– Café da manhã coletivo – Universidade Federal de Roraima (UFRR)

7h30 – Ato na frente do Ibama

13h30– Concentração no Portão da UFRR (Entrada da Av. Ene Garcez).

16h– Ato “Contra a Reforma da Previdência”, na Praça do Centro Cívico.

18h às 22h – Show musical e Cultural “Nenhum Direito à Menos” na praça do centro cívico.



Santa Catarina

Blumenau - 10h, na Praça do Teatro Carlos Gomes

Joinville - 9h, na Praça da Bandeira

Florianópolis - concentração às 16h, em local no centro a definir

Caçador -  14h, na Praça Nossa Senhora Aparecida

Criciúma - 14h, na Praça da Chaminé

Itapema – 15h, na Praça da Paz

Rio do Sul - 9h, concentração em frente à Rodoviária

Itajaí - 13h, na Praça Arno Bauer

Chapecó – 9h, na Praça Coronel Bertaso

Pinhalzinho – 9h, na Praça Central

Dionísio Cerqueira - A partir das 9h, no Salão Paroquial

São Carlos - 10h30, na Praça Matriz

Faxinal dos Guedes – 13h30, na Praça Municipal

Maravilha – 8h, na Praça Matriz

Xanxerê – 13h30, na Praça Tiradentes

Santiago do Sul – 16h, na Praça Municipal

Irati – 13h, na Praça Municipal

Xaxim – 8h, na Praça Frei Bruno

São Domingos – 8h30, na Praça Central

Passos Maia – 8h, na Praça Municipal

Joaçaba – 8h30, na praça da Prefeitura

 

São Paulo

Capital – São Paulo

16h – Ato em frente ao Masp

Itapeva

14h - Ato com concentração na Praça Anchieta

Campinas

17h – Ato no Largo do Rosário – Marielle Franco

Limeira

8h – Concentração em frente ao INSS (Rua Pres. Prudente, 150) para caminhada

Osasco

9h – Ato no Largo de Osasco, próximo à estação da CPTM

Santos

17h – Ato em frente à Estação Cidadania

Ubatuba

14h – Ato na Praça Bip – Feira de hortifrut

Bragança Paulista

10h – Ato na Praça Raul Leme, no centro

Sorocaba

8h – Ato com concentração em frente à Apeoesp (Rua Maranhão, 130 – Santa Terezinha)

10h – Ato na Praça Coronel Fernando Prestes

Vale do Ribeira

6h – Ato em frente à Mosaic Fertilizantes, em Cajati

Registro

16h – Ato na Praça Joya

Presidente Prudente

8h – Concentração na Rotatória Museu com caminhada iniciando na Av. Manoel Goulart

Mirante do Paranapanema

8h – Praça Sebastião Farias

São Carlos

11h – Ato na Praça do Mercado Municipal

Araraquara

16h - Ato/passeata com concentração na Praça Santa Cruz

Matão

9h - Ato/passeata com concentração na Praça Dr. Leonidas Caligola Bastilha (em frente à Igreja Matriz)

Bauru

9h - Ato em frente à Câmara Municipal

Ribeirão Preto

11h – Ato em frente à Câmara Municipal (Av. Jerônimo Gonçalves, 1200)

Piracicaba

6h30 - Terminal Central de Integração

Americana

10h - Praça Basílio Rangel

Salto

7h – Ato em frente à Apeoesp

Jundiaí

9h – Ato na Praça Nossa Senhora do Desterro

Bragança Paulista

10h – Praça Raul Leme

Itapevi

9h – Praça Carlos de Castro



Sergipe

Em Aracaju, vários protestos serão realizados desde a madrugada e também no turno da manhã. À tarde, a partir das 15h, na Praça General Valadão.



Tocantins

Em Palmas, a partir das 8h, na Avenida JK, próximo ao Colégio São Francisco.