• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Lula venceria Bolsonaro no segundo turno por 48% a 37% se a eleição fosse hoje

Pesquisa PoderData mostra que Lula também venceria Luciano Huck e Ciro Gomes.Já  Bolsonaro, perderia dos três e se empataria  se segundo turno fosse com João Doria

Publicado: 10 Junho, 2021 - 13h04 | Última modificação: 10 Junho, 2021 - 13h08

Escrito por: Redação CUT

Ricardo Stuckert
notice

 

Se a eleição para presidente da República fosse hoje, o ex-presidente Lula (PT) venceria Jair Bolsonaro (ex-PSL) por 48% votos contra 37% no segundo turno. Lula também ganharia do apresentador Luciano Huck (45% a 24%) e de Ciro Gomes, do PDT, (42% a 22%).

Já Bolsonaro, além de Lula, também perderia para Huck (45% a 35%) e Ciro (44% a 36%). Já se o segundo turno fosse contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a situação seria de empate técnico, com o tucano e o atual presidente ambos marcando 39%.

Os dados são da pesquisa PoderData, realizada no período de 7 a 9 de junho de 2021, que ouviu 2.500 brasileiros de 522 municípios nas 27 unidades da Federação.

A pesquisa mostra que nas intenções de voto do primeiro turno para as eleições de 2022  há empate técnico. Lula teria 31% dos votos e Bolsonaro, 33%. A diferença entre os 2 fica dentro da margem de erro do estudo, que é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa PoderData mostra ainda que o eleitorado permanece dividido em uma “regra dos terços”: 1/3 está com o atual presidente, 1/3 apoia seu opositor mais expressivo e 1/3 flutua entre os demais candidatos, diz-se indeciso ou pretende votar em branco ou nulo.

Confira aqui a íntegra a pesquisa.