• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Live da CUT no Dia Mundial da Juventude debate formação de novas lideranças

A transmissão, que começa às 19h, e será exibida no perfil da CUT no Facebook, terá música, política, cultura e debate sobre importância de reforçar a formação de jovens sindicalistas

Publicado: 12 Agosto, 2021 - 12h53

Escrito por: Redação CUT

Paulette Wooten no Unsplash
notice

A Secretaria Nacional de Juventude da CUT promove, nesta quinta-feira (12), uma programação especial para o Dia Internacional da Juventude, que é comemorado neste 12 de agosto, com muita arte, política, cultura e debate.

A programação, que começa às 19h, e será exibida no perfil da CUT no Facebook, dará continuidade ao projeto da CUT e da Confederação dos Sindicatos Alemães (DGB), que tem como principal objetivo, além da formação, trazer para perto do movimento sindical a juventude para pensar o presente e o futuro da classe trabalhadora. A DGB escolheu a Central como parceira do projeto porque considera o trabalho da CUT com os jovens fundamental para o sindicalismo brasileiro.

O projeto já dura há três anos e tem possibilitado a atuação da Secretaria de Juventude da Central a atuar nas bases para aumentar a participação de jovens nos sindicatos.

“A gente tem sentido que há pouca quantidade de jovens nas nossas bases, e a gente vê que é importante a participação da juventude para pensar o presente e o futuro do nosso movimento sindical”, afirma Cristiana Paiva, secretária de Juventude da CUT.

Conjuntura e juventude

Através do projeto com a DGB, a CUT tem aumentado bastante a participação de jovens desde o último Congresso da Central, em 2019, a organizar e formar opinião sobre o que está acontecendo no país

Cristiana Paiva também reforça a importância entre a luta contra os retrocessos e a formação de jovens sindicalistas. “O que a juventude pensa sobre o momento atual que o Brasil vive, sobre os direitos, na luta por direitos?”, pergunta a dirigente.

“Acho que o jovem a partir do momento que ele passa a entender essa conjuntura, ele se percebe como sujeito de direitos e que pode também construir sua visão de organização, entrando para a luta das bases sindicais”.

A DGB

A DGB, Confederação dos Sindicatos Alemães, fundada em 1949, representa mais de 8 milhões trabalhadores em 16 ramos sindicais. A DGB BW é a escola de formação da Confederação, que, no Brasil, atua para  ajudar na formação de sindicalistas brasileiros, no fortalecimento das redes intersindicais e no estreitamento da relação sindical entre Brasil e Alemanha.

Assista: