• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

LG perde participação no mercado de celulares e anuncia fim de operações no mundo

Direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté tem reunião com representantes da empresa nesta terça-feira (6) para discutir o futuro dos trabalhadores

Publicado: 05 Abril, 2021 - 14h23 | Última modificação: 05 Abril, 2021 - 14h43

Escrito por: Redação CUT

notice

Após registrar vários prejuízos, a empresa sul-coreana LG anunciou o fim da produção e venda de celulares em todo o mundo.  Em fevereiro, segundo o jornal "The Korea Times", a LG havia iniciado as negociações para a venda da produção global de celulares da marca. As tentativas fracassaram, disse no fim de março a Bloomberg. A LG tentou negociar com uma empresa alemã e outra vietnamita, de acordo com o site.

Atualmente, a LG tem 6,5% de participação no mercado de smartphones no Brasil contra 16,1%, em 2013. No mercado global a participação caiu de 4,1% em 2014 para e 1,6% este ano.

Os trabalhadores e trabalhadoras da divisão de celulares da fábrica de Taubaté aprovaram estado de greve em 26 de março. Na ocasião, eles buscavam negociação com a empresa diante das incertezas.

As informações são do G1, que disse ter procurado o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté que respondeu que a empresa não informou sobre os impactos da decisão em relação aos trabalhadores e à fábrica de Taubaté.

A entidade sindical afirmou que tem reunião agendada com a direção nesta terça-feira (6). Reforçou ainda que busca desde janeiro reuniões com a empresa, mas não foi atendido.