• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Garimpeiros ilegais chegam em 7 barcos e atacam comunidade indígena em Roraima

Funai, Exército e PF não se pronunciaram sobre pedido de segurança por indígenas após ameaça de retorno dos garimpeiros

Publicado: 11 Maio, 2021 - 14h43 | Última modificação: 11 Maio, 2021 - 14h51

Escrito por: Martha Raquel, do Brasil de Fato

Reprodução
notice

Garimpeiros ilegais que ocupavam sete barcos atacaram indígenas da comunidade Palimiu, na Terra Indígena Yanomami, em Roraima, na manhã desta segunda-feira (10). Em vídeo gravado pelos indígenas, é possível ver o exato momento em que as embarcações se aproximam e começam a atirar. 

Mulheres e crianças que estavam sentadas próximas à beira do rio correm desesperadas para dentro da comunidade. Segundo a Hutukara Associação Yanomami (HAY), os indígenas revidaram o ataque e o conflito durou cerca de meia hora.

Em ofício enviado pela Hutukara à Fundação Nacional do Índio (Funai), à Polícia Federal em Roraima (PF/RR), à 1ª Brigada de Infantaria da Selva do Exército (1ª Bis) e ao Ministério Público Federal em Roraima (MPF-RR), a entidade pede segurança para o local, conhecido como Base dos Americanos, localizado na comunidade Palimiu, na Terra Indígena Yanomami, já que os garimpeiros prometeram voltar ao local em busca de vingança.