• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Florianópolis #600ContraFome: Ato pede vacina no braço e comida no prato

Manifestantes pediram auxilio emergencial de R$ 600 até o fim da pandemia e defenderam o ‘fora, Bolsonaro’

Publicado: 26 Maio, 2021 - 13h25 | Última modificação: 26 Maio, 2021 - 14h14

Escrito por: CUT-SC

CUT-SC
notice

Lideranças da CUT, demais centrais e movimentos sociais do campo e da cidade se uniram neste dia de luta e fizeram um ato em frente à Catedral, no centro de Florianópolis, em defesa da vida, por vacina já para todos, auxílio emergencial de R$ 600 até o fim da pandemia e por ‘fora, Bolsonaro’.

Algumas lideranças dialogaram com quem passava pelo local falando da responsabilidade do governo de jair Bolsonaro (EX-PSL) sobre as mais de 450 mil mortes no país por complicações causadas pela Covid-19 e do aumento da miséria, fome e desemprego.

Os manifestantes fizeram uma caminhada até o Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC) para protestar contra o parecer emitido recentemente pelo tribunal, que recomenda a não reposição da inflação aos servidores públicos do estado.

A mobilização seguiu todas as recomendações das organizações de saúde com uso de máscaras, de álcool em gel e distanciamento.

Assista aqui