• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Em Pelotas, no Rio Grande do Sul, teve protesto e caminhada pelo ‘Fora, Bolsonaro’

Com bandeiras e faixas denunciando cobrança de propina e corrupção do governo federal, as pelotenses ocuparam às ruas com o grito de guerra “Oh Bolsonaro, seu fascistinha, a mulherada vai botar você na linha”

Publicado: 24 Julho, 2021 - 11h54 | Última modificação: 24 Julho, 2021 - 11h57

Escrito por: Redação CUT

Reprodução do Facebook
notice

Num tímido sol de inverno, o #24JForaBolsonaro também ecoou às ruas de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Teve protesto e caminhada para pedir o impeachment de Jair Bolsonaro (ex-PSL). Professoras, professores, servidores públicos, bancários e outras diversas categorias foram às ruas nestes sábado (24) para dizer que os atos não vão parar enquanto este “governo neoliberal e fascista” não cair.

Com máscara, mantendo o distanciamento social e com suas bandeiras e faixas de protestos, os manifestantes denunciaram o caos que o país está passando devido ao descaso pelas vidas e negacionismo de Bolsonaro.

“Mais de 300 mil mortes poderiam ser evitadas se Bolsobaro tivesse comprado a vacina no momento certo, mas preferiu ganhar mais propina. Bolsonaro e seus militares têm que cair já! O Brasil é do povo brasileiro que sustenta esta nação”, disse um manifestante em frente ao caminhão de som da CUT Rio Grande do Sul que acompanha a mobilização.