• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Em Brasília, Lula poderá ser vigiado, como em 1978, afirma jornalsita

De acordo com Marcelo Auler, Lula pode ser vigiado esta semana em Brasília, como aconteceu durante a ditadura militar

Publicado: 04 Maio, 2021 - 12h14 | Última modificação: 04 Maio, 2021 - 16h52

Escrito por: Redação CUT

Ricardo Stuckert
notice

Em texto publicado em seu blog nesta segunda-feira (3), o jornalista Marcello Auller, diz que a equipe do ex-presidente Lula precisa ficar atenda porque não se pode descartar nem mesmo o risco de tentativa de agressões por parte de gente mais aloprada ligada ao presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL), nesta semana em que o ex-presidente estará em Brasília. 

De acordo com o jornalista, a viagem de Lula à capital federal preocupa Bolsonaro, assim como a CPI da Covid-19 que começa a ouvir depoimentos de ex-ministros da Saúde nesta terça-feira (4).

“A preocupação do hoje acuado capitão-presidente, assim como dos seus seguidores extremados, porém, deve servir de alerta à equipe do ex-presidente petista. É preciso estar atento e forte, como diz a velha canção. Não se pode descartar nem mesmo o risco de tentativa de agressões por parte de gente mais aloprada”, diz o jornalista.

Ele diz que um atentado a Lula parece “extremado, difícil de ocorrer”, mas “não é demais imaginar o ex-presidente sob vigilância constante”, e lembra que o ex-presidente já foi alvo da polícia política, em 1978.

Confira aqui a íntegra do texto.