• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Em áudio, Dallagnol comemora decisão de Fux que proibia entrevista de Lula

Publicado: 10 Julho, 2019 - 09h45 | Última modificação: 10 Julho, 2019 - 09h52

Escrito por: Redação RBA

 

Ao completar um mês do início das reportagens que mostram o conluio entre o juiz Sergio Moro e procuradores da Operação Lava Jato, o site The Intercept Brasil divulgou na tarde desta terça-feira (9) um áudio em que o coordenador-geral da força-tarefa, Deltan Dallagnol, comemora decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux impedindo a realização de uma entrevista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que havia sido autorizada por outro membro da Corte, Ricardo Lewandowski. A autorização foi dada em 28 de setembro de 2018, e Lula seria entrevistado pelo jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com o The Intercept, em um grupo no Telegram, os procuradores passaram a debater estratégias para evitar que o ex-presidente pudesse falar assim que souberam da notícia. A procuradora Laura Tessler classificou o direito de Lula dar uma entrevista como uma “piada” e “revoltante”.

O clima ruim do grupo só foi dissolvido mais de 12 horas depois, quando Dallagnol enviou uma mensagem em áudio na qual fala sobre a decisão de Fux de barrar a entrevista e remeter o julgamento do mérito do pedido para o plenário da Corte.