• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUTs Estaduais farão 1º de Maio pela internet em horários diferentes da Nacional

Antes ou depois do horário da Live da CUT Nacional e centrais, entidades estaduais farão atividades solidárias e em defesa da saúde, dos empregos e pela democracia no Dia Internacional do Trabalhador

Publicado: 30 Abril, 2020 - 17h22 | Última modificação: 30 Abril, 2020 - 17h45

Escrito por: Érica Aragão

CUT DF
notice

Além Live do Dia Internacional do Trabalhador, organizada pela CUT Nacional, centrais e movimentos sociais, que começa a partir das 11h30, em quase todos os estados brasileiros, as CUTs também fará o “1º de maio solidário: saúde, emprego e renda” regional, pela internet em suas redes sociais, mas em outros horários.

Em muitas cidades, representantes dos movimentos sindicais e sociais estarão distribuindo máscaras, cestas básicas e marmitas, de forma solidária. Outro marco do Dia Internacional do Trabalhador em todo país são os atos culturais que acontecerão em diversos locais, com músicas e poesias. Em alguns lugares, também estão programados atos políticos pela internet.

Para o presidente da CUT Paraíba, Tião Santos, um dos maiores desafios do 1° de Maio de 2020 é fazer com que a pauta do ato chegue ao maior número de trabalhadores e trabalhadoras possível.

“A quarentena nos impossibilita de fazer o ato como de costume e sabemos que a internet não é um mecanismo acessível a todos os trabalhadores. Entretanto, não abriremos mão de denunciar o desmonte do Estado e toda essa conjuntura desastrosa do governo Bolsonaro”, disse.

Veja como será em cada estado:

Acre

A CUT Acre ainda está no fechamento da organização de uma Live pela página no Fadebook, com a participação de três presidentes de sindicatos e um especialista de saúde, para falar sobre os riscos do Covid-19 para a sociedade e os trabalhadores.

Amapá

A partir das 9 horas da manhã, a CUT Amapá fará uma Live em sua página no Facebook sobre o 1º de Maio solidário, por saúde, emprego, renda e em defesa da democracia. A programação não foi divulgada.

Bahia

A partir das 16 horas do dia 1º está prevista uma transmissão ao vivo exclusiva na página da CUT Bahia, com a presença confirmada de Ana Georgina, Supervisora do Dieese. Outros convidados ainda não confirmaram presença. No mesmo dia, um Drive-trhu será montado no Parque de Exposições, em Salvador, para arrecadar alimentos na luta contra a COVID-19.

E não para por ai. Na semana de 4 a 8 de maio, uma série de "Lives" será transmitida na página do Facebook da CUT Bahia,mondé serão discutidos os mais diversos temas, entre eles: Teletrabalho, Segurança Alimentar, Assédio Moral, Direito Trabalhistas, etc. A programação completa estará no site até o próximo domingo (3).

Ceará

Ainda no nordeste, das 7h30 às 11h30, a CUT Ceará fará ao vivo em sua página no Facebook, a Live dos trabalhadores, que será retransmitida por suas entidades filiadas. Vários músicos de diferentes estilos estarão presentes, entre eles Gustavo Portela, Jessica Cisne, Nayra Costa, Juruviara, Parahyba e Cia Bate Palmas. No site da CUT Ceará tem mais informações.

Distrito Federal

Com o lema “Solidariedade, Saúde, Emprego e Renda”, a programação do 1º de Maio em Brasília mistura atrações culturais de artistas da cidade e debates políticos que interessam à classe trabalhadora. Temas como educação, saúde, gênero, raça, serviço público e vários outros serão tratados no decorrer do evento. A transmissão será feita pela TV Comunitária de Brasília e pelo Facebook da CUTDF, das 14h às 18h. A programação e o link serão publicados em breve no site da entidade

Maranhão (MA)

A CUT Maranhão vai retransmitir a Live Nacional e os representantes da entidade e de outras centrais vão distribuir cestas básicas em asilos e doarão também 200 máscaras para 5 unidades de saúde da rede estadual e municipal.

Mato Grosso do Sul (MS)

A CUT MS tomou a decisão de fazer uma Live local de última hora e estão ainda na organização da atividade, que será divulgada ainda nesta quinta.

Pará

No Pará, a CUT em conjunto com demais centrais promovem uma Live, das 9h00 às 11h00, com a participação das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, partidos aliados e atrações culturais. Terá muita música, com Fabricio dos Anjos, Priscila Duque, Raílidia, Rosa Cor e muito mais.

Paraíba

Na Paraíba, a CUT-PB, a CTB-PB, a Intersindical, Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, assim como representações do movimento de mulheres, partidos do campo progressista e ADUFPB transmitirão uma Live a partir das 9h pelo canal do Jornal Brasil de Fato no YouTube.

Vários artistas confirmaram participação, entre eles: Adeildo Vieira, Escurinho, Cida Alves, Gatunas, Bebe de Natércio e chico Natércio, Beto Melo, Vitória Ohana e Maria Sem Vergonha.  

Após o término do evento na Paraíba, as centrais sindicais também transmitirão um ato virtual do 1° de Maio Solidário para todo o Brasil, com apresentações feitas em casa por uma série de artistas. O evento nacional também poderá ser visto no facebook da CUT-PB.

Paraná

Além da participação de representantes das centrais, a programação online da CUT Paraná incluirá atividades artísticas com músicos e convidados. Entre os nomes confirmados está o do músico paranaense Guego Favetti, com diversos álbuns gravados. A programação começa às 9h de sexta-feira (1º) no Facebook da CUT Paraná.

Pernambuco

A CUT Pernambuco fará uma Live a partir das 9h na página do Facebook da entidade e às 16h terá a participação do ex-presidente Lula.

Piauí

A CUT Piauí também fará uma Live pela vida e com a mensagem do fique em casa com a participação de convidados, do secretário de comunicação e o presidente da entidade Herbertt Marinho e Paulo Bezerra. A partir das 9h.

Rio de Janeiro

Em defesa da democracia, a CUT RJ fará uma Live com show do cantor Dudu Nobre, a partir das 10h no Facebook e Youtube da entidade. A central no Rio também está contribuindo com a ação do Armazém do Campo, que distribuirá marmitas pela cidade.

Rio Grande do Norte

Pela manhã representantes da CUT do Rio Grande do Norte entregarão cestas básicas e kits de limpeza em 15 municípios, todos na periferia e em uma aldeia indígena. E das 9h às 11h, terá uma Live política e cultural com participação da CUT e demais centrais - CTB, Intersindical e CSP ConLutas, Frente Brasil Popular e Povo sem medo. E partidos políticos, como PT, PC do B, PSOL e PSTU.

Rio Grande do Sul

Em Porto Alegre, a CUT e as centrais no Rio Grande do Sul promovem uma Live, das 9h30 às 11h30, com a participação das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, movimentos sociais, partidos aliados, senador Paulo Paim, ex-governador Olívio Dutra e atrações culturais.

A transmissão será feita pela Rede Soberania e compartilhada pela CUT-RS, federações e sindicatos, formando uma grande rede de comunicação.

À noite, às 20h, será realizado um panelaço para aumentar o barulho nas janelas e nas calçadas pelo “Fora, Bolsonaro”. O presidente é uma ameaça aos direitos da classe trabalhadora, ao Estado Democrático de Direito e à Constituição.

Santa Catarina

A CUT SC fará um debate ao vivo pelo Facebook, a partir das 19h. A presidenta da entidade, Anna Julia Rodrigues, o advogado trabalhista e professor do Direito do Trabalho, Prudente Mello e o economista e supervisor técnico do Dieese vão discutir sobre o “Dia dos Trabalhadores e a pandemia, a Luta é pela Vida.

São Paulo

Depois de uma semana inteira de Lives, que abordaram assuntos da classe trabalhadora, a CUT São Paulo, no 1º de Maio fará uma transmissão ao vivo nos canais do rapper Dexter, que estará no Papo da Quebrada, as 18h às 20h, e também no Facebook e Youtube da entidade.

Das 20h às 23h, será a vez de um bom “Papo de Boteco no Samba da Resistência”, com o cantor e compositor Toninho Geraes e seus convidados: Almirzinho Serra, Serginho Madureira e o grupo Quintal da Xika, com transmissão nos mesmos canais.

Sergipe

Terá uma Live cultural das 8h às 10h30, com declamação de poemas, poesias, cordel, música e apresentação da pauta da classe trabalhadora. A transmissão acontecerá na página do Facebook da CUTe das demais centrais.