• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Curso de formação online sobre a Jornada Continental encerra inscrições dia 19

O curso gratuito é uma iniciativa de preparação do debate político rumo ao Encontro de Solidariedade, pela Democracia e contra o Neoliberalismo, que acontecerá em Cuba de 1 a 3 de novembro de 2019

Publicado: 15 Agosto, 2019 - 18h21 | Última modificação: 15 Agosto, 2019 - 18h25

Escrito por: Érica Aragão

Divulgação
notice

As inscrições para o Curso de Formação online da Jornada Continental pela Democracia e contra o Neoliberalismo e seus eixos políticos - a luta por democracia e soberania dos povos, e contra o livre comércio e o poder das empresas transnacionais – vão se encerrar na próxima segunda-feira, dia 19 de agosto.

Promovido pela CUT e pela Marcha Mundial das Mulheres (MMM), com apoio da Fundação Perseu Abramo, da Confederação Sindical dos Trabalhadores das Américas (CSA) e das entidades que constroem a Jornada Continental no Brasil, o curso é uma iniciativa de preparação do debate político rumo ao Encontro Anti-imperialista de Solidariedade, pela Democracia e contra o Neoliberalismo, que será realizado em Cuba de 1 a 3 de novembro de 2019.

Para o Secretário-Adjunto de Relações Internacionais da CUT, Ariovaldo de Camargo, é muito importante que a base da CUT e a dos movimentos sociais se envolvam na Jornada para conhecer de fato o que ela se propõe a realizar.

 “E este curso tem este objetivo, de estabelecer um diálogo com aqueles que de certa forma estão distante, não do contexto, mas da realização da jornada e das atividades anteriores para ampliar o conhecimento do momento que estamos vivendo hoje”, afirmou.

Ariovaldo disse que só com unidade internacionalista, na perspectiva da construção de movimentos unitários, “é que de fato poderemos construir uma pauta que seja para o conjunto de trabalhadores da América Latina”.

Segundo a secretária de Mobilização e Relação com Movimentos Sociais da CUT, Janeslei Albuquerque, o curso de formação é muito importante por dois motivos. “O primeiro é porque toda formação e reflexão política mais abrangente são urgentes neste momento em que os ataques do capital se dão numa perspectiva internacionalista. E segundo porque a resistência que a classe trabalhadora tem que construir não pode deixar de levar em conta esta mesma perspectiva internacionalista”.

“Esta formação sobre a jornada quer levar a compreensão da importância estratégica da jornada para nossa luta de classes na perspectiva dos trabalhadores e das trabalhadoras. E também aprofundar a compreensão dos eixos que fundamentam a jornada”, explicou Janeslei.

A dirigente CUTista reforça o convite para se inscrever no curso online e afirma que se organizar de forma qualificada é fundamental para a luta no próximo período.

“Deixamos aqui uma convocatória para qualificação, compreensão e fortalecimento mais abrangente dos sentidos da nossa luta e das lutas internacionalistas dos trabalhadores e das trabalhadoras do nosso continente”, afirma.

“Se organizar de forma qualificada para esta luta, que não será de curta duração, e que nos exigira muita compreensão política e ter as melhores estratégias para estes enfrentamentos”, finalizou Janeslei.