MENU

Começa a Formação de Formadores na Escola Sindical Chico Mendes na Amazônia

Para fortalecer a Rede Nacional de Formação, os coletivos de formação e ampliar a formação de base, a EFSCMA dá início a primeira turma de seu FFI 2022-2023. Ao todo serão 3 turmas na Região Norte

Publicado: 03 Junho, 2022 - 12h04 | Última modificação: 09 Junho, 2022 - 10h02

Escrito por: Tácito Pereira Dos Santos/ Educador da EFSCMA | Editado por: Conceição Oliveira/ SNF- CUT

Valdecir Bitencourt/ SINDSEP- AP
notice
Primeiro Módulo do FFI, Escola de Formação Chico Mendes na Amazônia com dirigentes do Pará e Amapá

Na quinta-feira (02), ocorreu o Módulo I do FF Inicial da Escola de Formação Sindical Chico Mendes na Amazônia, envolvendo dirigentes sindicais dos Estados do Amapá e Pará. A Sede Campestre do SINDSEP AP (Distrito da Fazendinha, Zona Sul de Macapá) abrigou a turma de futuros formadores e formadoras dirigentes militantes da CUT.


Módulo I de FF – Inicial do Grupo Amapá e Pará

O público é formado por dirigentes sindicais urbanos e rurais, do setor público e privado.

A turma é composta por 38 trabalhadores e trabalhadoras e jovens trabalhadores de diferentes categorias: bancários, servidores público, trabalhadores rurais, trabalhadoras domésticas, educação, Urbanitários.

Valdecir Bitencourt/ SINDSEP- AP

 

Mística e história de vida

A abertura política contou com a participação do Coordenador da Escola de Formação Sindical Chico Mendes da Amazônia (EFSCMA) Rogério Pantoja, Errolflyn Paixão – Presidente CUT-AP, Eduelson Uchoa (Doca) – Secretário Geral do SINDSEP-AP e João da Costa Neto (Jango) representando a CUT-PA.
Além da abertura, a educação popular, que inspira a formação de formadores da CUT, contou com a mística, a elaboração de uma linha do tempo para conhecer parte da história dos participantes e o debate sobre a Política Nacional de Formação.
No dia 3, os cursistas começam a debater as concepções de educação.
O primeiro Módulo de FF Inicial se encerra no sábado (04).

Tácito Pereira dos Santos/ Educador da Escola de Formação Sindical Chico Mendes na Amazônia


Finaciamento Solidário
Todo o material do curso foi custeado de forma solidária entre os sindicatos filiados da CUT do estado do Amapá: bolsa, cópias de materiais pedagógicos, caneca, alimentação, hospedagem. O conjunto do movimento sindical cutista do Amapá entende a importância do financiamento da formação sindical e participou ativamente para viabilizá-la.