• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Com 630 mortes por Covid-19 em 24 horas, Brasil acumula 161.736 vidas perdidas

País tem 161.779 óbitos registrados e 5.614.302 diagnósticos de Covid-19

Publicado: 06 Novembro, 2020 - 10h56 | Última modificação: 06 Novembro, 2020 - 11h01

Escrito por: Redação CUT

Tarso Sarraf
notice

O Brasil acumula 161.779 vidas perdidas e 5.614.258 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia, em março, segundo dados divulgados às 8h desta sexta-feira (6) pelo consórcio de imprensa. Cinco estados apresentaram de alta no número de mortes nesta quinta-feira (5): Santa Catarina, Rondônia, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Outros 14 estados e o Distrito Federal têm curvas que apontam queda.

Em 24 horas, foram registradas 609 mortes e 23.317 novos casos confirmados.

São Paulo contabilizou 2.637 novos casos e 168 novas mortes desde às 20h do dia anterior. No total, o Estado tem 1.125.936 infecções diagnosticadas e 39.717 óbitos.

Já no Rio de Janeiro foram registradas 90 mortes e 754 novos casos da doença nas últimas 24 horas. Até agora, 20.849 pessoas morreram em decorrência do coronavírus no estado, que registra 313.843 casos.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI para a Covid-19 voltou a subir nos últimos dias na cidade do Rio após a flexibilização do isolamento social. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o aumento desta taxa tem relação com a redução dos leitos de UTI do Hospital Federal de Bonsucesso, que sofreu um incêndio há mais de uma semana.

Nesta quinta-feira, 465 pacientes estavam internados, sendo 221 em UTI, nas unidades da rede municipal carioca. A rede SUS na capital tem 792 pessoas internadas em leitos especializados, sendo 391 em UTI. A taxa de ocupação de leitos de UTI pelo novo coronavírus no SUS é de 82%.

Estados

Nesta quinta, subiu para cinco o número de estados com alta na média móvel de mortes: Rondônia, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Santa Catarina.

Em oito estados, a média móvel de mortes está em estabilidade: Amapá (que de novo não divulgou dados e atribuiu o problema ao apagão elétrico), Pará, Maranhão, Piauí, Paraíba, Sergipe, Bahia e Rio Grande do Sul.

O Distrito Federal e 13 estados estão com queda na média de mortes: Acre, Amazonas, Roraima, Tocantins, Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná.

Em Santa Catarina, a curva mostra alta na média de mortes, que está em 14 por dia. Este é o sétimo dia seguido de alta em Santa Catarina, que completa uma semana com variação expressiva na média de mortes.

Europa vive explosão de casos

De acordo com o diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), a Europa está passando por uma "explosão" de casos de Covid-19, e a taxa de mortalidade também está crescendo.

"Vemos uma explosão (...) no sentido de que demorou apenas alguns dias para a região europeia registrar um aumento de mais de um milhão de casos", explicou o diretor regional da entidade para a Europa, Hans Kluge.

A Europa se tornou a região com o maior número de casos de coronavírus no mundo desde o início da pandemia, de acordo com dados oficiais.

Com 11,6 milhões de casos positivos diagnosticados e mais de 293.000 mortes, a Europa superou o número de infectados na América Latina e no Caribe, que soma 11,4 milhões de infectados e quase 407.000 mortes.