• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Centrais entregam a FIESC pauta de reajuste do Piso Salarial Estadual de 2019

Primeira rodada de negociação foi marcada para o dia 10 de dezembro, às 14h

Publicado: 22 Novembro, 2018 - 11h05

Escrito por: Redação CUT

Reprodução
notice

Representantes da CUT, demais centrais e DIEESE entregaram, nesta quarta-feira (21), à direção da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) a pauta de reivindicação para a negociação do reajuste do Piso Salarial Estadual de 2019.

Os representantes dos trabalhadores e trabalhadoras foram recebidos por Mario Cezar de Aguiar, que assumiu a presidência da FIESC em agosto, e pelo assessor jurídico, Carlos José Kurtz. No encontro, foi agendada a primeira rodada de negociação para o dia 10 de dezembro, às 14h.

O coordenador sindical do DIEESE, Ivo Castanheira, falou sobre sua expectativa para que a política de negociação, que já acontece há nove anos em Santa Catarina, continue sendo feita no mandato do novo presidente da FIESC.

“Esta mesa de negociação, que acontece todos os anos, é de extrema importância já que aqui não estamos representando interesses de centrais sindicais ou federações, mas de todos os trabalhadores do Estado”, afirmou.

A proposta de reajuste apresentada este ano segue a mesma linha do ano passado: equiparar o piso salarial de Santa Catarina aos valores praticados no Paraná. Pela proposta, a primeira faixa salarial passaria dos atuais R$ 1.110,00 para R$ 1.247,40 (12,37% de reajuste); a segunda, de R$ 1.152,00 para R$ 1.293,00 (12,23%); a terceira, de R$ 1.214,00 para R$ 1.339,80 (10,29%); e a última faixa do Piso Estadual passaria de R$ 1.271,00 para R$ 1.441,00, com 13,38% de reajuste.

O presidente da FIESC afirmou que espera que a negociação chegue a um acordo bom para os dois lados “É claro que existirão divergências, mas, com certeza, conseguiremos chegar a um consenso que agrade os trabalhadores e os empresários”.