• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Campanha instala outdoors contra a Reforma Administrativa e o governo Bolsonaro

Nove sindicatos espalham outdoors em Pernambuco contra a reforma Administrativa, que retira direitos dos servidores e prejudica a população com o fim de serviços públicos e gratuitos 

Publicado: 06 Setembro, 2021 - 12h55 | Última modificação: 06 Setembro, 2021 - 13h09

Escrito por: CUT-PE

Aduferpe
notice

 

Mais de 50 outdoors foram espalhados pelas ruas da capital de Pernambuco, Recife, Região Metropolitana e várias cidades do interior do estado, como parte de uma campanha feita por nove sindicatos de servidores públicos, federais e estaduais contra a Proposta de Emenda à Constituição ( PEC) nº 32, da Reforma Administrativa, do governo de Jair Bolsonaro (Ex-PSL).

Com a campanha, as entidades pretendem esclarecer à população sobre o desmonte dos serviços públicos, o fim dos concursos e o ataque aos trabalhadores nas três esferas (federal, estadual e municipal), caso essa proposta passe no Congresso.

Os outdoors foram instalados para “recepcionar” Bolsonaro e sua comitiva no último sábado (3). A imagem dos painéis traz uma charge do presidente com um machado nas mãos quebrando os serviços essenciais à população – que estão distribuídos graficamente no mapa do país. Além disso, consta a frase: “ele quer acabar com os serviços públicos, diga não à Reforma Administrativa”.

“Com essa campanha, queremos que a população saiba quem defende os serviços públicos e quem quer destruí-los deixando o povo que mais precisa sem saúde, educação e assistência social”, afirma a presidente da Associação dos Docentes da UFRPE (Aduferpe), professora Nicole Pontes.

Leia mais: Reforma Administrativa privatiza o serviço público e abre espaço para corrupção

A vice-presidente da Aduferpe, professora Erika Suruagy, observa que a PEC foi construída sem debates com o povo brasileiro, que será duramente  negativamente  caso seja aprovada.

“Essa PEC traz as mais profundas mudanças no serviço público do país e chega sem nenhuma discussão com a sociedade e os servidores públicos. Ela retira conquistas de décadas de luta do povo brasileiro, sobretudo daqueles que mais dependem da ação do estado para garantir a sua sobrevivência”, diz.

Leia mais: População pode ficar sem serviços gratuitos com reforma Administrativa. Entenda

Posição dos deputados pernambucanos

Entre os deputados de Pernambuco que fazem parte da Comissão Especial, três já se posicionaram contrários à PEC: Tadeu Alencar (PSB), Milton Coelho (PSB) e Wolney Queiroz (PDT). Declararam-se favoráveis os deputados Ossesio Silva (Republicanos) e Fernando Monteiro (PP). Já o deputado Sebastião Oliveira (Avante) está indeciso.

Em Serra Talhada, por exemplo, foram colocados quatro outdoors com mensagem direcionada ao deputado Sebastião Oliveira, questionando como será o seu voto na PEC da Reforma. Em vez de se posicionar sobre um assunto tão preocupante para o futuro do país, o parlamentar do Avante, que tem base eleitoral na região, encaminhou uma interpelação extrajudicial via Câmara dos Deputados , convocando as lideranças sindicais envolvidas na campanha para depor e pedindo a retirada das placas em um prazo de 10 dias. 

Sobre a PEC 32

Atualmente, a PEC 32 está tramitando na Comissão Especial da Reforma Administrativa, na Câmara dos Deputados. Na última quarta (1), o relator da proposta na Comissão, o deputado Arthur Maia (DEM-BA), entregou o seu parecer ao presidente da Câmara, deputado Artur Lira (PP-AL) com alterações no texto original, mas mantendo e aprofundando os efeitos deletérios da reforma, que visa privatizar os serviços públicos. O presidente da Comissão, deputado pernambucano Fernando Monteiro (PP-PE), afirmou que pretende colocar o texto em votação o mais rapidamente possível.

Os nove sindicatos que fazem parte do coletivo que lançou a campanha de outdoors são Sindisprev, Aduferpe, Sintufepe/UFPE, Sindsep-pe, Adufepe, Adupe, Sindcontas, SindMPU, Sintrajuf-PE.

Leia mais: Servidores marcam dias de luta contra PEC 32 que privatiza o serviço público

 

 * Edição: Rosely Rocha