• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Brasil voltar a registrar média móvel por Covid-19 abaixo de 500

País se aproxima de 600 mil vidas perdidas em toda a pandemia

Publicado: 05 Outubro, 2021 - 12h21

Escrito por: Redação CUT

Alex Pazuello/Semcom
notice

O Brasil voltou a registrar média móvel de mortes por Covid-19 abaixo de 500. A média atual é de 498 óbitos por dia. Esta segunda-feira (4), foi o primeiro dia desde 13 de setembro que a média ficou abaixo de 500 e a redução é de 6%, o que indica estabilidade, segundo dados do consórcio de imprensa.

Em 24 horas, o Brasil registrou 199 mortes por Covid-19, totalizando 598.185 vítimas fatais desde o início da pandemia do novo coronavírus. No memso período, foram registrados 11.149 novas contaminações, totalizando 21.476.823 desde o ano passado.

A média de casos segue sob impacto dos números atrasados que foram divulgados duas semanas atrás. Por isso, tem queda significativa de 51%. Em média são 16.048 casos por dia.

. Paraíba e Rondônia não divulgaram os dados.

. Cinco estados e o Distrito Federal registraram alta na média de mortes.

. Sete estados estão em estabilidade.

. 12 estados estão com queda na média de mortes.

São Paulo registrou 22 novas vítimas do coronavírus em 24 horas. O maior número de mortes no período veio do Paraná, com 46. Acre, Amapá, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Rondônia não notificaram óbitos nesta segunda.

Vacinação

Em relação ao número de vacinação, mais de 274 mil pessoas receberam a primeira dose em 24 horas, quase 720 mil tomaram a segunda ou a dose única, e 164.510 mil, a dose de reforço.

Até agora, mais de 147 milhões de brasileiros tomaram a primeira dose, ou 69,25% da população. E mais de 94 milhões estão completamente vacinados, ou 44,2%. Pouco mais de 1,2 milhão receberam a dose de reforço.

Testes de Covid caem em farmácias

Os resultados positivos para o novo coronavírus nos testes rápidos nas farmácias segue em queda pela sétima semana consecutiva e alcançou o patamar mais baixo desde novembro do ano passado, segundo levantamento realizado entre 20 e 26 de setembro pela associação da categoria Abrafarma, divulgado pela Folha de S. Paulo.

Entre 30 de agosto e 5 de setembro os números já vinham apontando queda.

Foram detectados cerca de 19,2 mil casos da doença no período, o que representa 13% do número total de exames feitos na terceira semana de setembro. Os testes vendidos das farmácias podem avaliar antígenos ou anticorpos.

Ainda conforme o levantamento, a Abrafarma registrou nas primeiras três semanas de setembro a menor média semanal de casos da Covid neste ano. Foram cerca de 21,9 mil ante 29,6 mil em agosto.