• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Bolsonaro não tem mais condições de governar o Brasil, diz Sérgio Nobre

Presidente da CUT afirma que a edição da MP 927 mostra que o Brasil não tem mais governo no momento mais dramático da história e reforça mobilização nas portas e janelas de todo o país.

Publicado: 23 Março, 2020 - 17h47 | Última modificação: 23 Março, 2020 - 17h52

Escrito por: Marize Muniz

Roberto Parizotti
notice

A edição na Medida Provisória (MP) nº 927/2020 mostra que Jair Bolsonaro não tem condições de governar, não tem a menor competência, nem compromisso com o povo brasileiro muito menos com os trabalhadores e trabalhadoras do país, afirma em vídeo gravado na tarde desta segunda-feira (23), o presidente da CUT, Sérgio Nobre.

“A MP 927 é perversa, oportunista e irresponsável, porque põe em risco a vida e sobrevivência de pelo menos 50 milhões de trabalhadores”.

“A CUT e demais Centrais  exigirão que e medida seja revogada e que seja criado um comitê de crise, chamado pelo Parlamento, com a participação dos trabalhadores, porque o Brasil está sem comando”, disse Sérgio Nobre.

“É a MP da morte dos trabalhadores nesta crise”, complementou Sergio se referindo a pandemia da coronavírus (Covid-19), que vem paralisando as economias do mundo inteiro numa tentativa de conter a disseminação da doença.

De acordo com o dirigente, a MP foi encomendada pelos empresários para, de maneira oportunista, aprofundar a retirada de direitos da classe trabalhadora que teve início depois do golpe de 2017. 

O presidente da CUT, também ressalta no vídeo que Bolsonaro faz o oposto do que governos do mundo vêm fazendo para enfrentar a crise. Lá fora, os governos têm editado medidas para proteger emprego e renda.

De acordo com Sérgio Nobre, é importante a CUT, seus sindicatos, federações confederações e ramos, repudiar essa MP independentemente de Bolsonaro ter recuado na suspensão dos salários por quatro meses.

Mobilização

No vídeo Sérgio lembra que, no momento, é impossível a CUT colocar milhares de pessoas nas ruas para protestar porque é preciso proteger a saúde das pessoas também. Mas, podemos mobilizar nas redes “podemos apoiar as demonstrações [de repúdio e revolta] que estão ocorrendo das janelas” dos brasileiros em quarentena.

Acabou, Bolsonaro

“Derrotar Bolsonaro é de fundamental importância”, diz o presidente da CUT no vídeo, complementando: “a edição dessa MP mostra que nos não temos governo no momento mais dramático da história do país”.

E para que o país tenha governo e tome decisões que protejam a sociedade, Sergio Nobre disse que a CUT e demais centrais estão propondo a criação de  um comitê de crise formado pelos representantes dos trabalhadores e também pelo setor patronal, pelo Ministério Público e pelo Congresso Nacional.

“Toda a combatividade neste momento, companheiros, porque nós vamos vencer essa crise com luta e organização”, disse o presidente da CUT.

Confira aqui a íntegra do vídeo: