• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Bolsa Família começa a ser paga nesta segunda sem acréscimo do auxílio emergencial

Sem auxílio emergencial 14,2 milhões de famílias pobres começam a receber este mês apenas R$190 por mês do Bolsa Família. Bolsonaro não cumpriu promessa de aumentar valor feita durante campanha eleitoral

Publicado: 18 Janeiro, 2021 - 13h48 | Última modificação: 18 Janeiro, 2021 - 14h04

Escrito por: Redação CUT

Jefferson Rudy /Agência Senado
notice

Nem 14º salário, nem auxílio emergencial, nem reajuste no valor do Bolsa Família,  nem mudança de nome para Renda Cidadã ou Renda Brasil, numa tentativa de tirar o legado do ex-presidente Lula pela criação do programa. Nenhuma dessas promessas da campanha eleitoral de 2018, do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL) foi cumprida, e os mais pobres do país começam o ano ainda mais desamparados.

Como sempre, Bolsonaro terceiriza a responsabilidade para outros ,e diz que o país não tem dinheiro para continuar o pagamento do auxílio emergencial, nem para reajustar o valor do Bolsa Família. Ele não deu nenhum passo adiante na busca de um programa social que atenda a população durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os valores seriam fundamentais tanto para colocar comida na mesa de 14,2 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família como para os 14 milhões de desempregados no país.

 

Sem o valor do auxílio emergencial para complementar a renda, começa nesta segunda-feira (18) o pagamento do Bolsa Família, para as famílias com renda por pessoa de até R$ 89 mensais. As famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais, também têm direito desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos. Veja abaixo calendário.

Como receber

Desde dezembro do ano passado, o pagamento do Bolsa Família está sendo migrado para as poupanças digitais da Caixa Econômica Federal (CEF) pelo aplicativo Caixa Tem. Seu uso pode ser feito com a mesma senha do cartão social, sem necessidade de criação de uma nova.

Quem não quiser sacar o dinheiro pode utilizar o cartão virtual e o QR Code e  pagar suas compras em estabelecimentos comerciais como supermercados, padarias e farmácias, entre outros. Além de compras, o cartão pode ser utilizado no pagamento de contas de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas através da opção “Pagar na Lotérica” do Caixa Tem.

Confira o calendário de pagamentos

 

Com informações do jornal Agora SP