MENU

Artistas e personalidades se engajam para ajudar vítimas de enchentes no RS

Além de Madonna, que teria feito doação milionária, Felipe Netto Anitta, Gisele Bündechen e Luiza Trajano também estão engajados em campanhas para ajudar a população atingida pelas enchentes

Publicado: 06 Maio, 2024 - 16h54 | Última modificação: 06 Maio, 2024 - 17h28

Escrito por: Redação CUT

Twitter Jean-Paul Galtier/Twitter Aniitta
notice

A popstar Madonna, que balançou o Brasil no último fim de semana com um show gratuito nas areias de Copacabana, no Rio de Janeiro, de acordo com apuração do colunista do Portal Em Off, Erlan Bastos, teria feito uma doação de R$ 10 milhões às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Fontes da coluna disseram ainda que Madonna optou por manter a doação em segredo.

Convidada especial a um dos atos do show da postar, o Ballroom, durante a execução de Vogue, sucesso de 1990 da cantora, Anitta anunciou em suas redes uma parceria com a Central Única das Favelas (Cufa), no Rio de Janeiro, disponibilizando um de seus caminhões para transportar mantimentos para as vítimas.

“O Rio Grande do Sul, como vocês sabem, está passando por uma das maiores catástrofes climáticas e precisa da nossa ajuda. Eu to disponibilizando um dos meus caminhões pra que junto com a Cufa e com você que está assistindo esse vídeo a gente possa ajudar as pessoas que foram vítimas desse desastre ambiental.", disse Anitta.

 

 

A modelo gaúcha Gisele Bündchen também se engajou na campanha de solidariedade às vítimas, divulgando informações sobre como poder ajudar e fazer doações.

“Toda a ajuda que possamos dar é essencial. Cada um pode achar a sua maneira de fazer o bem. O importante é cuidarmos uns dos outros da maneira que pudermos", disse Gisele em suas redes.

Já o influenciador digital e comediante Whindersson Nunes já arrecadou mais de R$ 3 milhões a serem doados para ajudar os desabrigados. Além da arrecadação, Nunes anunciou a distribuição de mil cestas básicas, com ajuda de um helicóptero e está organizando um show beneficente no estádio do Vasco para arrecadar mais fundos.

No X, antigo Twitter, o também influenciador Felipe Netto está em campanha. “Consegui comprar mais 30 mil litros de água. Chegamos a 120 mil litros chegando ao RS a partir de amanhã. Já foram 100 mil reais, mas nos próximos instantes eu vou publicar um vídeo onde precisarei do apoio de todos vocês. Encontramos uma saída para as áreas mais atingidas”, diz o texto postado às 12h43 desta segunda-feira.

No Rio Grande do Sul, de acordo com informações do Núcleo, uma campanha de arrecadação organizada pelo criador de conteúdo Badin Colono, conhecido pelos gaúchos por suas esquetes de humor, já arrecadou mais de R$ 30 milhões. Além de doações de milhares de anônimos de todo o país, outros influenciadores e o ex-BBB Matteus Amaral participaram da vaquinha que ficou conhecida como "A Maior Campanha Solidária do RS".

Luíza Trajano, dona do Magazine Luiza, também realizou doações de colchões, um dos itens mais essenciais no momento.

Outros artistas, personalidades e empresários também estão fazendo doações e ajudando em arrecadações para as vítimas. A CUT e entidades filiadas em todo o país também estão engajadas para ajudar as vítimas.

Leia mais: CUT e sindicatos se mobilizam em solidariedade à população do Rio Grande do Sul

Como ajudar

A exemplo de outras situações de calamidade como as chuvas que atingiram o estado em 2023, a CUT Rio Grande do Sul e suas entidades filiadas também estão em campanha de arrecadação.

Além de arrecadações de rouças e alimentos, a CUT valores via transferência bancária ou PIX. Veja como ajudar:

Depósito bancário para doação:

- Banco Cresol (133)

- Agência 5607

- Conta corrente 18.735-6

- CNPJ: 60.563.731/0014-91

- PIX: 51996410961

Todas as doações recebidas no Pix da CUT-RS estão sendo direcionadas na compra de alimentos, produtos de higiene pessoal e demais demandas que os abrigos precisam.

 

Com informações de UOL, Correio Braziliense, Portal OFF, e G1