• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

AP: Em Macapá, servidores fazem congresso de seu sindicato

Abertura do evento reuniu autoridades e lideranças dos movimentos sociais.

Publicado: 25 Novembro, 2017 - 23h51

Escrito por: Marly Tavares, do Sindsep-AP

Sindsep-AP
notice

Ao som das caixas do Marabaixo, a diretoria colegiada do Sindsep-AP (Sindicato dos Servidores Públicos Federais Civis do Amapá) entrou em sintonia no auditório do sindicato para abertura oficial de seu VIII Congresso Estadual do Sindsep-AP, na sexta-feira (24/11). O Congresso encerra neste domingo (26), quando acontecerá a esperada eleição da diretoria para o triênio 2018-2020.

A solenidade de abertura, contou com a participação do secretário-geral da Condsef, Sérgio Ronaldo; e da presidenta, diretores e diretoras do Sindsep-AP. Na ocasião, o secretário geral, Hedoelson Uchôa, falou aos presentes e desejou boas-vindas aos congressistas: “Que tenhamos um Congresso realizador e capaz de interferir na indicação de soluções frente às questões mais urgentes para não só para os trabalhadores e trabalhadoras, mas o povo Brasileiro hoje”.

Hedoelson alertou que “vivemos uma situação de apreensão nacional, de ameaça ao emprego, à renda e aos direitos conquistados pelos trabalhadores e trabalhadoras à custa de muito suor, sangue e dor, que jamais vimos, de uma só vez, fruto de um golpe cruel dado no povo brasileiro”.

O tema do Congresso do Sindsep-AP é “Serviço público, construindo a unidade, exigindo dos poderes direitos para todos”. Esse foi o tema escolhido, sintetizando os desafios atuais que estão colocados para a categoria. A responsabilidade é redobrada porque é de cada participação que serão tiradas resoluções que vão marcar a posição dos servidores federais perante as crises econômica, trabalhista e política e todos os seus impactos na vida dos trabalhadores e trabalhadoras.