• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Ao vivo: CUT debate organização dos trabalhadores de aplicativos durante pandemia

Assista transmitido ao vivo do debate que terá a participação do professor da Unicamp Ricardo Antunes, do coordenador do Diesse do Distrito Federal, Max Leno, e da secretária de Organização da CUT, Graça Cost

Publicado: 14 Maio, 2020 - 14h05 | Última modificação: 14 Maio, 2020 - 15h45

Escrito por: Redação CUT

 

A CUT esta debatendo, ao vivo, o tema: os desafios da organização dos trabalhadores e trabalhadoras de aplicativos durante a pandemia do novo coronavírus.

A atividade conta com a participação do professor da Unicamp Ricardo Antunes, do coordenador técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) do Distrito Federal, Max Leno, e mediação da secretária de Organização da CUT, Graça Costa.

Por se tratar de um tema de interesse da classe trabalhadora neste momento de pandemia que o mundo e o Brasil atravessam, o debate está sendo transmitido pelo Portal CUT e Facebook da CUT Brasil e demais entidades.

Para Graça Costa, é o momento de discutir a necessidade de organização desses trabalhadores de aplicativos, tanto durante quanto após a pandemia.

“Temos que trazer o debate sobre a conjuntura social, o impacto e consequência na vida dos trabalhadores e o impacto disso no pós-pandemia. Porque nesse momento de crise, temos um aumento significativo de trabalhadores envolvidos nesse setor, aumento de demissão e, em muitos locais, diminuíram a quantidade desses trabalhadores, como o Uber, por exemplo”, reforça a dirigente.

A pandemia do novo coronavírus agravou a situação dos trabalhadores que estão na informalidade e trabalhos precarizados. Tratados pelo governo de Jair Bolsonaro como empreendedores de si mesmo, a maioria dos trabalhadores não tem nenhuma renda ou proteção social durante a maior crise sanitária dos últimos cem anos.

O desafio de organizar os trabalhadores e trabalhadores de aplicativo foi deliberado no 13º Congresso Nacional da CUT (CONCUT) que levou em consideração um conjunto de trabalhadores que estão à margem da organização sindical. O objetivo, entretanto, é ampliar a representação sindical para o conjunto da classe trabalhadora, ultrapassando o conceito de categoria profissional e do sindicato restrito a esse conceito.

Quem são os debatedores?

O debate vai ter a participação do professor da Unicamp Ricardo Antunes, que é uma referência nos estudos e discussões sobre o mundo do trabalho, e do Max Leno, coordenador técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O que? Live Grupo de Reflexão sobre os Impactos da Novas Tecnologias nas Relações de Trabalho com o tema: Livre ou Subordinado?

Que horas: 15h

Onde?: Portal CUT e Facebook CUT Brasil