• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Ao vivo: CPI ouve servidora do Ministério da Saúde que autorizou contrato da Covaxin

Funcionária do Ministério da Saúde apontada como fiscal do contrato com a Bharat Biotech, para a aquisição da vacina indiana Covaxin.

Publicado: 06 Julho, 2021 - 08h54 | Última modificação: 06 Julho, 2021 - 10h59

Escrito por: Redação CUT

Jefferson Rudy/Agência Senado
notice

A CPI da Covid ouve Regina Célia Silva Oliveira, funcionária do Ministério da Saúde apontada como fiscal do contrato com a Bharat Biotech, para a aquisição da vacina indiana Covaxin.

A fatura gerada para a compra trazia número menor de doses do que o combinado, determinação de pagamento antecipado e o nome de uma empresa intermediária que não constava no contrato, segundo denúncia de  Luis Ricardo Miranda, chefe da divisão de importação no Departamento de Logística do Ministério da Saúde, irmão do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF),

Segundo Luis Ricardo Miranda, as duas primeiras irregularidades foram sanadas depois de identificadas, mas a fatura permaneceu em nome da empresa intermediária — a Madison Biotech, baseada em Singapura.