• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Ainda dá tempo de responder pesquisa sobre violência de gênero no setor da saúde

Dados serão coletados até dia 3 de dezembro, vai diagnosticar o assédio no mundo do trabalho para que entidades sindicais construam ações para erradicar violência no local de trabalho

Publicado: 01 Dezembro, 2020 - 15h22 | Última modificação: 01 Dezembro, 2020 - 15h45

Escrito por: Redação CUT

Divulgação
notice

Ainda dá tempo para responder o questionário da Internacional de Serviços Públicos (ISP).A entidade ampliou o prazo para que homens e mulheres filiados e não filiados de sindicados de saúde pública e privada no Brasil, Chile, Colômbia, El Salvador e Peru possam responder a pesquisa do setor de saúde: Violência e assédio no Mundo do Trabalho com perspectiva de gênero (s)”. Agora a data é 3 de dezembro e você pode  responder aqui!

A ISP quer entender as diversas formas que a violência e o assédio tem se manifestado e atingido o dia a dia dos trabalhadores e das trabalhadoras, para ajudar os sindicatos a construir estratégias de acolhimento e prevenção!

“Gerar dados e informações é fundamental para combater as práticas nocivas e adoecedoras que temos enfrentado em nossos locais de trabalho!”, diz trecho da explicação da pesquisa.

O questionário poderá respondida até 3 de dezembro, em Português e Espanhol, e faz parte de um projeto mais amplo, de 3 anos em parceria entre a ISP e o sindicato sueco Kommunal com objetivo de compreender melhor o problema da violência de gênero no mundo do trabalho no setor público e privado da saúde, com base no intercâmbio de diagnósticos nacionais, sub-regionais e regionais sobre a questão.

É uma investigação do sistema de saúde com o tema Violência e assédio no Mundo do Trabalho a partir da  perspectiva de gênero.

Os dados fornecidos pelos participantes serão tratados como confidenciais e mantidos em armazenamento seguro, de acordo com as normas gerais de proteção de dados. Você pode, caso deseje, solicitar o recebimento de um resumo escrito de nossos resultados, que será enviado para seu endereço de e-mail no final da pesquisa.

Ficou na dúvida: envie um e-mail para nayareth.quevedo@world-psi.org