• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

32 trabalhadores da saúde pública morreram de Covid-19 em SP, 12 só na ultima semana

Número pode ser muito maior, mas governo não dá informações. Os dados foram apurados pelo SindSaúde-SP e Sindsep junto a colegas de trabalho e familiares

Publicado: 05 Maio, 2020 - 10h04

Escrito por: Redação CUT

Reprodução
notice

A lista de vítimas fatais da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, entre trabalhadores e trabalhadoras da saúde aumentou para 32 na cidade de São Paulo. Em apenas uma semana foram 12 novas mortes, de acordo com levantamento feito pelo SindSaúde-SP e pelo Sindsep.

Essas informações não são oficiais, são dados que chegam ao SindSaúde por meio de trabalhadores e trabalhadoras, que estão atuando nessas unidades. Em mesas negociação, o SindSaúde-SP já cobrou várias vezes da Secretaria de Estado da Saúde (SES) a divulgação dos dados oficiais de afastamentos e das mortes.

Em  nota publicada em seu site, a direção do SindSaúde-SP critica a falta de transparência e acusa o governo do estado de negligência. “Defendemos que as informações oficiais precisam ser amplamente divulgadas, é um respeito necessário com as famílias e com os colegas de trabalho. Cada ocultação amplia o problema, já que pessoas que conviveram com infectados não podem se proteger, fazer os testes e identificar com rapidez a contaminação”, diz trecho da nota.

O SindSaúde-SP também afirma que vem cobrando incessantemente que sejam fornecidos os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) e que todos os trabalhadores passem por treinamento para garantir o uso adequado e assim evitar o contágio.

Veja a lista de profissionais da saúde que morreram de Covid-19 em São Paulo na última semana:

- Andreia, 38 anos, auxiliar de saúde, que trabalhava no Completo Hospitalar do Mandaqui, na zona norte da capital. Segundo informações dos companheiros de trabalho, ela tinha um tumor no cérebro, estava afastada e também testou positivo para Covid-19;

. Edilson, trabalhador da manutenção do Hospital Geral de Guaianazes,

. Carlos Antônio dos Reis, auxiliar de enfermagem, do Hospital Geral de Taipas.

. Carlos Rogério de Carvalho, técnico de enfermagem que trabalhava no Hospital do Mandaqui;

. Edson Yukinari Takeda, médico de 55 anos, que trabalhou no Centro Especializado em Reabilitação Doutor Arnaldo Pezzuti Cavalcanti;

. Elisangela Ferreira, técnica de farmácia, que trabalhava na (AME) Maria Zélia.

. Elismar Almeida Amadar, ortopedista de 57 anos, que trabalhava no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos;

. Ione, enfermeira, que trabalhava no Hospital Geral de Taipas;

. Maria, enfermeira, que tralhava no Hospital do Mandaqui;

. Patrícia Almeida, administrativa de 44 anos, trabalhava no Hospital Geral de Guaianazes;

. Paulo Gonçalves, médico de 56 anos, trabalhava no Hospital Geral de São Mateus;

. Roseli Lúcia de Oliveira, enfermeira de 64 anos, trabalhava no Hospital Heliópolis.

 Veja abaixo, os trabalhadores da capital paulista que faleceram devido à Covid-19 desde o inicio da pandemia, segundo o Sindsep:

- Paulo José da Silva, 51 anos, assistênte gestão de políticas públicas (AGPP) do Hospital Municipal do Campo Limpo.

- Ester Solomovici, 69 anos, auxiliar de enfermagem do Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya.

- Rubens da Costa, administrativo da Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Macedônia, zona Sul. Funcionário contratado pela Organização Social de Saúde (OSS) Cejam, que tem contrato de gestão com a Prefeitura de São Paulo.

- Frederic Jota Silva Lima, 33 anos, médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 26 de Agosto, em Itaquera, zona Leste. Profissional contratado pela Organização Social de Saúde (OSS) APS Santa Marcelina, que tem contrato de gestão com a Prefeitura de São Paulo.

- Maria da Glória da Silva Souza, 35 anos, técnica de enfermagem no Hospital Municipal Cidade Tiradentes, Cidade Tiradentes, zona Leste. Hospital administrado pela Organização Social de Saúde (OSS) Santa Marcelina, por meio de contrato de gestão com a Prefeitura de São Paulo.

- José Antônio da Boa Morte, 62 anos, auxiliar e técnico de enfermagem em uma empresa de ambulâncias que presta serviço de saúde à Prefeitura de São Paulo.

- Juraci Augusta da Silva, 72 anos, auxiliar de enfermagem no Hospital Municipal Carmino Caricchio, no Tatuapé.

- Idalgo Moura dos Santos, 45 anos, enfermeiro no Hospital Municipal Carmino Caricchio, no Tatuapé, zona Leste. Profissional contratado pela Organização Social de Saúde (OSS) SPDM, que tem contrato de gestão com a Prefeitura de São Paulo.

- Eduardo Gomes da Silva, 48 anos, auxiliar de enfermagem no Hospital Municipal Tide Setúbal, em São Miguel Paulista, zona Leste. Profissional contratado pela Organização Social de Saúde (OSS) SPDM, que tem contrato de gestão com a Prefeitura de São Paulo.

- José Alves Galdino da Silva, 38 anos, vigilante no Hospital Municipal Dr. Benedicto Montenegro, no Jardim Iva, zona Leste. Trabalhador de empresa terceirizada que presta serviço à Prefeitura de São Paulo.

- Paulo Fernando Moreira Palazzo, 56 anos, médico clínico no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

- Marceliane Maciel, 53 anos, trabalhava na Unidade Básica de Saúde (UBS) Sacomã, região Sudeste. A unidade é gerenciada pela Organização Social de Saúde (OSS) SPDM, que tem contrato de gestão com a Prefeitura de São Paulo.

- Luzanira Odílio, 61 anos, auxiliar de enfermagem do Hospital Municipal do Campo Limpo - Fernando Mauro Pires da Rocha, zona Sul.

- Maria Elisa Reis de Oliveira, 66 anos, auxiliar de enfermagem municipalizada que trabalhava na Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Peri, na Cachoeirinha, zona Norte. A UBS é gerenciada pela Organização Social de Saúde (OS) Associação Saúde da Família, que tem contrato de gestão com a Prefeitura de São Paulo.

- Angela Maria Salomão, 64 anos, Agente Comunitária de Saúde na Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Guairacá, zona Sudeste.

- Jaime Takeo Matsumoto, médico ortopedista no Hospital Municipal Tide Setúbal, em São Miguel Paulista, zona Leste.

 - Adelia Maria Araujo de Almeida Oliveira, 62 anos, médica pediatra no Hospital Municipal Infantil Menino Jesus, na Bela Vista.

- Maria Santos, 59 anos, auxiliar de enfermagem no Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria e no Hospital Estadual do Mandaqui.

- Samuel Modesto Gariroba, controlador de acesso da Assistência Médica Ambulatorial/Unidade Básica de Saúde Integrada Chácara Cruzeiro do Sul "Zelia L. M. Doro".

- Suzana Aparecida Vital, médica da Unidade Básica de Saúde Vila Esperança "Dr. Cássio Bittencourt Filho".

Com informações do SindSaúde-SP