• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Capital de Rondônia une movimentos contra o 4330

Movimentos de moradia e atingidos por barragens também vão às ruas de Porto Velho

Publicado: 15 Abril, 2015 - 18h59 | Última modificação: 15 Abril, 2015 - 19h06

Escrito por: CUT/RO

CUT/RO
notice
Mobilização por mais direitos e contra a precarização

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (15), em Porto Velho, uma manifestação conjunta organizada por sindicatos e movimentos sociais dentro do Dia Nacional de Paralisações. A pauta principal dos trabalhadores foi contra o PL-4330 da terceirização, pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 que mexem no seguro-desemprego e nos benefícios previdenciários e o fim do Fator Previdenciário. O PL-4330 é a maior preocupação de todos no momento, pois para as entidades e movimentos ele representa o fim do emprego como conhecemos hoje e um retrocesso aos tempos da escravidão.

A pauta conjunta dos sindicatos e movimentos sociais, além do combate ao PL 4330, é a reforma política com participação social; a defesa da Petrobras como patrimônio público; combate à corrupção, sem distinção de cores partidárias. Defendem, ainda, o respeito à democracia e ao resultado das urnas nas últimas eleições.

Os movimentos por moradia também participaram, assim como os atingidos por barragens. Eles denunciam que as comunidades dos distritos do Baixo Madeira, atingidas pela grande cheia do ano passado, até hoje não foram reassentadas em áreas definitivas.