Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Em evento no SMABC, Lula e Gleisi condenam reformas de Temer

Na posse da nova diretoria dos metalúrgicos do ABC, dirigentes reforçam luta contra golpe

Escrito por: Agência PT • Publicado em: 18/06/2017 - 23:52 Escrito por: Agência PT Publicado em: 18/06/2017 - 23:52

Fotos: Felipe Araújo/Instituto Lula Wagner Santana, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, saudado pelo ex-presidente Lula.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, participaram, neste domingo (18), do ato de posse de Wagner Santana como presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, junto com a nova diretoria da entidade. O ato político foi marcado por críticas às reformas promovidas pelo governo golpista de Michel Temer, como a previdenciária e a trabalhista.

Em seu discurso, Lula falou sobre a importância de buscar a retomada do crescimento do país a partir de investimentos e não de reformas que sacrifiquem o trabalhador brasileiro.

“Querem jogar a crise do país em cima dos trabalhadores e dos aposentados. Mas nós temos que dizer a eles: ‘não tem que tirar direito de trabalhador e aposentado’. Temos que fazer a economia crescer, gerar emprego, aumentar salários. Aí, a Previdência então vai dar conta”, disse o ex-presidente.

Lula recordou a importância histórica do Sindicato dos Metalúrgicos e de sua luta pela democracia no Brasil. “O país que estão oferecendo a você, Wagner (novo presidente do Sindicato), é um país que vai exigir de você muitas noites acordados. E um metalúrgico não pode fechar os olhos enquanto a gente não reconquistar o direito de andar de cabeça erguida neste país, enquanto não reconquistarmos a cidadania que já tivemos”, afirmou o ex-presidente da República.

Em seu discurso, a presidenta do PT também lembrou a importância do Sindicato dos Metalúrgicos, que esteve à frente das principais crises do país. E convocou as pessoas a aderirem a Greve Geral do dia 30 de junho. “Foram vocês que ajudaram a sustentar a última greve geral e o Ocupa Brasília. Tenho certeza que vocês também estarão na Greve Geral do dia 30. Vamos parar esse Brasil contra as reformas de Temer”, declarou.

Senadora Gleisi Hoffmann participa de posse do Sindicato dos Metalúrgicos

Para Gleisi, o país precisa de “desenvolvimento, crescimento econômico e emprego”. “Estou no Senado e na presidência do PT e estaremos lado a lado nessa luta contra o sistema”.

Ela lembrou que o Sindicato foi o berço político de Lula. “Vocês podem se orgulhar de ter dado a maior liderança que esse país já teve: nosso presidente Lula”.

Greve geral

Rafael Marques, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, também fez uma convocação para a Greve Geral e falou sobre as expectativas de Wagnão à frente do SMABC. “O dia 30 será a maior Greve Geral que o País já teve em sua história, tenho certeza disso. Eu sou da geração que lutou nos anos 90 contra a desconstrução da indústria nacional, e o Wagnão, que também é da minha geração, vai assumir agora com os mesmos desafios pela frente”

Wagner Santana, que assume o sindicato, fez um discurso emocionado ao lado da família, quando lembrou a importância da luta sindical na atual conjuntura para garantir o futuro das próximas gerações. “Nossa luta não é só por nós, pela nossa categoria, é por todos os trabalhadores. Eu tenho certeza que essa categoria não abrirá mão dos direitos garantidos em lei:, disse.

“Que país é esse onde se propõe uma volta quase à escravidão, onde se quer permitir que o trabalhador rural possa ser remunerado não com salário, mas com casa e comida? Minha luta hoje é pelo direito dos outros, dos meus filhos, assim como meu pai lutou pelos meus direitos e meus filhos hão de lutar pelos direitos dos meus netos”, completou.

Ouça o discurso do ex-presidente:

Título: Em evento no SMABC, Lula e Gleisi condenam reformas de Temer, Conteúdo: O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, participaram, neste domingo (18), do ato de posse de Wagner Santana como presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, junto com a nova diretoria da entidade. O ato político foi marcado por críticas às reformas promovidas pelo governo golpista de Michel Temer, como a previdenciária e a trabalhista. Em seu discurso, Lula falou sobre a importância de buscar a retomada do crescimento do país a partir de investimentos e não de reformas que sacrifiquem o trabalhador brasileiro. “Querem jogar a crise do país em cima dos trabalhadores e dos aposentados. Mas nós temos que dizer a eles: ‘não tem que tirar direito de trabalhador e aposentado’. Temos que fazer a economia crescer, gerar emprego, aumentar salários. Aí, a Previdência então vai dar conta”, disse o ex-presidente. Lula recordou a importância histórica do Sindicato dos Metalúrgicos e de sua luta pela democracia no Brasil. “O país que estão oferecendo a você, Wagner (novo presidente do Sindicato), é um país que vai exigir de você muitas noites acordados. E um metalúrgico não pode fechar os olhos enquanto a gente não reconquistar o direito de andar de cabeça erguida neste país, enquanto não reconquistarmos a cidadania que já tivemos”, afirmou o ex-presidente da República. Em seu discurso, a presidenta do PT também lembrou a importância do Sindicato dos Metalúrgicos, que esteve à frente das principais crises do país. E convocou as pessoas a aderirem a Greve Geral do dia 30 de junho. “Foram vocês que ajudaram a sustentar a última greve geral e o Ocupa Brasília. Tenho certeza que vocês também estarão na Greve Geral do dia 30. Vamos parar esse Brasil contra as reformas de Temer”, declarou. Senadora Gleisi Hoffmann participa de posse do Sindicato dos Metalúrgicos Para Gleisi, o país precisa de “desenvolvimento, crescimento econômico e emprego”. “Estou no Senado e na presidência do PT e estaremos lado a lado nessa luta contra o sistema”. Ela lembrou que o Sindicato foi o berço político de Lula. “Vocês podem se orgulhar de ter dado a maior liderança que esse país já teve: nosso presidente Lula”. Greve geral Rafael Marques, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, também fez uma convocação para a Greve Geral e falou sobre as expectativas de Wagnão à frente do SMABC. “O dia 30 será a maior Greve Geral que o País já teve em sua história, tenho certeza disso. Eu sou da geração que lutou nos anos 90 contra a desconstrução da indústria nacional, e o Wagnão, que também é da minha geração, vai assumir agora com os mesmos desafios pela frente” Wagner Santana, que assume o sindicato, fez um discurso emocionado ao lado da família, quando lembrou a importância da luta sindical na atual conjuntura para garantir o futuro das próximas gerações. “Nossa luta não é só por nós, pela nossa categoria, é por todos os trabalhadores. Eu tenho certeza que essa categoria não abrirá mão dos direitos garantidos em lei:, disse. “Que país é esse onde se propõe uma volta quase à escravidão, onde se quer permitir que o trabalhador rural possa ser remunerado não com salário, mas com casa e comida? Minha luta hoje é pelo direito dos outros, dos meus filhos, assim como meu pai lutou pelos meus direitos e meus filhos hão de lutar pelos direitos dos meus netos”, completou. Ouça o discurso do ex-presidente:



Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.