Twitter Facebook YouTube Instagram Conexão Sindical

CUT NACIONAL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SINDICATO DOS GRÁFICOS DE SÃO PAULO FILIA-SE À CUT

Sindicato dos Gráficos de São Paulo filia-se à CUT

15/08/2011

Ato político ocorreu no sábado

Escrito por: Sindicato dos Jornalistas do Estado de S. Paulo

No sábado (dia 13), o Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias Gráficas de São Paulo (STIG) realizou assembleia e decidiu o desligamento da Força Sindical e passou a ser oficialmente filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT). O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, José Augusto Camargo (Guto) esteve presente juntamente com os diretores Paulo Zocchi, Cândida Vieira, José Eduardo e Lilian Parisi, que também integra a diretoria da CUT-SP.

A desfiliação da Força Sindical foi marcada por muito tumulto e ameaças de agressão. Há denúncias de que a central sindical tentou intimidar o presidente do Sindicato dos Gráficos e contratou arruaceiros para tentar agredir os trabalhadores e impedir a assembleia. Houve tumulto e a porta do Sindicato foi depredada e até um diretor foi agredido. Foi necessária a presença de policiais no local.

No dia anterior, o próprio presidente da Força Sindical, o deputado federal Paulinho Pereira (PDT/SP) chegou a realizar ameaças contra o presidente do Sindicato dos Gráficos, Márcio Vasconcelos, caso ele colocasse em prática os planos de desfiliação da Força Sindical.
A categoria gráfica de São Paulo e região tem cerca de 50 mil trabalhadores em sua base e o sindicato cerca de 17 mil filiados.

 "É de se prever que a Força Sindical tentará anular judicialmente a decisão e retomar o controle do sindicato nas eleições do ano que vem. De qualquer forma, foi um dia histórico. Nossos diretores tomaram brevemente a palavra para saudar a entrada dos Gráficos na CUT e nossa presença foi muito valorizada tanto pelos companheiros gráficos, quanto pelos demais companheiros da CUT", afirmou Paulo Zocchi, Secretário Jurídico do Sindicato dos Jornalistas.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • Orkut
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

  • james alves em 16/08/2011 às 09:23
    filiação
    sejam bem vindos compaheiros...saudações cutistas...sind.calçados de itapetinga ba.
  • Marco Antonio da Silva em 30/08/2011 às 18:43
    Unidos venceremos
    Que os companheiros do STIG se unam em pró dessa evolução.
  • um sócio em 26/09/2011 às 22:57
    dia histórico ?
    Eu não entendo como é que pode, um monte de marginais, ex presidiários e até atuais presidiários foragidos. contratados pela força sindical chegam de caminhão na porta do sindicato, quebram tudo, a policia é chamada e chega ao local e a baderna continua na frente de todos. ninguém é preso nem responsabilizado e os policiais ainda dizem que não podem fazer nada? É um dia histórico de que? Dia da baderna, da falta de lei e da impunidade. E tudo isso por causa de que? Só pode ser por causa de dinheiro, ou estou errado e falando besteira senhores diretores do dia histórico. Eu quero ver quem é que vai pagar os prejuízos causados por esta baderna, se é a força sindical, a CUT ou sera os trabalhadores gráficos que pagarão com suas contribuições, ja que ninguém tem peito nem coragem de cobrar do Paulinho, e quando eu digo ninguém, eu digo dos dirigentes do sindicato dos gráficos, da própria CUT, da policia e de juízes que dizem que não podem fazer nada. Se ninguém pode fazer nada, então porque começaram esta briga que até agora só truxe prejuízo e desmoralização da categoria gráfica. Eu lamento muito mas só concordarei que será um dia histórico quando os culpados pagarem de verdade pelos atos marginais que cometeram.
Nome:
E-mail:
Título:

RÁDIO CUT

Copyright © CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócios | 24.062.754 - Representados
Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310